Abin alerta sobre ameaça terrorista no Brasil

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) identificou uma ameaça contra o Brasil postada no perfil de um terrorista francês. “Brasil, vocês são nosso próximo alvo. Podemos atacar esse País de merda”, diz em mensagem no Twitter, Maxime Hauchard, 22 anos, que aparece em vídeos do Estado Islâmico decapitando sírios. A mensagem foi postada uma semana após os atentados de Paris, que deixaram 129 mortos. A conta de Hauchard já foi suspensa.

Maxime Hauchard aparece em vídeos de decapitação na Síria. A Agência Brasileira de Inteligência confirmou a autenticidade do perfil. Foto: Reprodução Internet

Maxime Hauchard aparece em vídeos de decapitação na Síria. A Agência Brasileira de Inteligência confirmou a autenticidade do perfil.
Foto: Reprodução Internet

“Monitoramos e percebemos que o perfil realmente era do Maxime, um dos líderes do Estado Islâmico. A partir do momento da postagem houve uma maior intensidade nos discursos de agressividade dos autoproclamados seguidores do grupo terrorista no Brasil”, afirmou o diretor de Contraterrorismo da agência, Luiz Alberto Sallaberry.

Segundo Sallaberry, no Brasil há um crescente nível de pessoas que dizem ter feito o juramento ao califado do Estado Islâmico, ou seja, concordantes com um grupo que deturpou os princípios da religião islâmica e utiliza a violência para expandir seu domínio territorial.

“Quando uma pessoa faz o juramento ao califado e se torna autoproclamado ela está disposta a cometer qualquer atentado violento em nome do grupo. A ordem não precisa ser presencial, pode ser via internet”, disse Sallaberry.




Você pode gostar também

Nacional

Taxa de Juros de Longo Prazo cai de 6,75% para 6,60% ao ano

A Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) para o segundo trimestre de 2018 será de 6,60% ao ano, informou hoje (29), em Brasília, o Banco Central (BC). A taxa

Nacional

Banco do Brasil tem lucro de R$ 5,2 bi no 1º semestre; expansão é de 67%

O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 5,2 bilhões no primeiro semestre deste ano, segundo o balanço divulgado hoje (10) em São Paulo. Em comparação com o

Nacional

MP e polícia combatem furto de petróleo em dutos da Petrobras

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio de Janeiro (Gaeco/MPRJ) e a Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados, da Polícia Civil, desencadearam

Deixe seu comentário