Alta dos alimentos causa impacto na inflação em São Paulo

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, voltou a avançar na segunda quadrissemana de abril ao passar de uma alta de 0,31% para 0,43%. O resultado foi influenciado pelo grupo alimentação que atingiu 1,07% ante 0,84% da primeira prévia do mês.

Mais quatro dos sete grupos pesquisados apresentaram aumentos mais expressivos do que na apuração passada: saúde (de 0,87% para 1,18%); habitação (de 0,32% para 0,48%); despesas pessoais (de 0,23% para 0,28%) e educação (de 0,06% para 0,11%).

Já em vestuário, o índice teve recuo de 0,11% ante uma alta de 0,05% e, em transportes, houve redução de 0,61% a mesma variação do último levantamento. A pesquisa em torno do IPC é feita com base na variação de preços das famílias com ganho mensal entre um e dez salários mínimos.

Você pode gostar também

Nacional

Juros do cheque especial atingem o recorde de 315,7% ao ano

A taxa de juros do cheque especial continuou subindo em junho. De acordo com dados do Banco Central (BC), divulgados hoje (27), a taxa do cheque especial aumentou 4,7 pontos

Nacional

Direito, pedagogia e administração são cursos mais procurados

Direito, pedagogia e administração são os maiores cursos de graduação do país em número de alunos, de acordo com o Censo da Educação Superior 2017, divulgado hoje (20) pelo Instituto

Nacional

Enem tem mais de 5 milhões de inscritos; prazo termina na sexta-feira

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) registrou 5.000.330 inscitos até as 16h de terça-feira (17). As inscrições para o exame deste ano terminam na sexta-feira (20), às 23h59, no

Deixe seu comentário