Alunos de Limeira contarão com Centro de Referência em Educação Especial

Os alunos de Limeira contarão com o Centro de Referência em Educação Especial – Espaço Realidade (Crer). O projeto é uma realização da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Educação, em parceria com a Secretaria de Saúde, Ceprosom e Apae (Associação de Pais e Amigos do Excepcionais). A iniciativa implementada este ano (2016) prevê um espaço para estimulação pedagógica especializada com atividades direcionadas aos alunos com extrema necessidade e limitação. A cerimônia de inauguração do espaço, que está situado na rua Pernambuco, 722, ocorreu nesta sexta-feira (24)

Foto:Rodolpho Rodrigues

O prefeito Paulo Hadich falou que o Centro é o fruto da construção de um trabalho que vem sendo realizado na Educação. “Estamos materializando hoje, na prática, que tipo de sociedade queremos. Nosso o objetivo de governo foi priorizar as ações que favoreçam as pessoas. As crianças que serão atendidas aqui nos darão a oportunidade de sermos pessoas melhores”, disse.

Hadich parabenizou ainda o trabalho da Apae, que está completando 50 anos de existência. ”Quero parabenizar a todos os profissionais da APAE pelo trabalho desenvolvido há tantos anos, além da parceria firmada conosco”, ressaltou. O evento contou ainda com as presenças do secretário de saúde, Alexandre Ferrari, da secretária de educação, Adriana Ijano Motta, do secretário de esportes José Luiz Rodrigues, das vereadoras, Érika Monteiro Moraes e Érika Tank, do gerente da Apae, Fernando Mattos; coordenadora do Centro Educacional João Fischer – Área Surdez, Maria Rita Cabral, além de representantes de sindicatos, conselheiros, profissionais da educação, alunos e pais. O padre José Valter Rossini realizou as bênçãos.

Adriana Motta disse que a conquista do espaço é um momento muito importante para educação limeirense. “Isso nos permitiu firmar parcerias muito importantes para desenvolvermos esse projeto, principalmente com a Secretaria de Saúde, portanto agradeço muito ao prefeito e ao secretário Alexandre. Esse será um trabalho muito complexo. É importante que façamos de forma efetiva e conjunta para que possamos oferecer um trabalho com condições de melhorar o desempenho desses alunos”, salientou.

A vereadora, Érika Moraes ressaltou a importância do atendimento às crianças especiais. “Hoje é um dia muito especial para nós. Sou também professora do município há 30 anos, e só hoje estou tendo a oportunidade de ver esse projeto sendo realizado. É com muita satisfação que posso ver a alegria de cada profissional aqui pela realização desse espaço”, disse.

ATENDIMENTO
Esse tipo de atendimento também consta em uma das metas do Plano Municipal de Educação de Limeira. O Centro de Referências será formado por uma equipe de fonoaudiólogas, psicólogas e terapeutas ocupacionais que atuarão como assessoria técnica das Unidades Escolares, além disso, contará também com um Núcleo de Acessibilidade Municipal, que terá como foco o levantamento de demandas de acessibilidade das unidades escolares. Mariluz Barreto, coordenadora do projeto, disse que o núcleo de acessibilidade está previsto pelo MEC (Ministério da Educação) e seguirá todo o regimento previsto em lei. “É importante ressaltar que todo esse processo de atendimento que ofereceremos deve estar em consonância com a aceitação dos pais das crianças que serão atendidas”, disse.

A inclusão é um processo que leva a repensar as estruturas sociais, as práticas pedagógicas, os atendimentos referentes aos profissionais da saúde, a assistência social, enfim, os serviços públicos oferecidos à população com deficiência, que hoje representa em torno de 20% da população. “A Educação Especial, na perspectiva inclusiva, necessita da parceria entre as diversas áreas de atendimento à população, para que possa garantir os direitos das pessoas com deficiência, bem como suprir suas necessidades”, explicou Mariluz.

Há 6 meses em Limeira, a mãe da aluna Daniela Sanchez, de 12 anos, que possui síndrome de down, Judith Rodriguez Sanchez, contou que foram muito bem recebidas por todos e ainda parabenizou a qualidade e rapidez do atendimento. “Minha filha é matriculada na escola Nestor Lino, que faz um excelente trabalho de inclusão. Como somos da Venezuela, a Daniela teve muita dificuldade de se relacionar, mas, desde que começou a receber o atendimento no Crer, o seu desenvolvimento tem melhorado a cada dia. Nós, pais, também recebemos atendimento e isso nos ajuda muito a lidar com nossos filhos. Só tenho agradecer pela qualidade do serviço oferecido”, destacou.




Você pode gostar também

Limeira

Respeito aos deficientes é tema de campanha de trânsito

No próximo sábado, 29 de outubro, a Praça Toledo Barros receberá a campanha “Somos Todos Deficientes”, que tem por objetivo conscientizar a população sobre a utilização inadequada de vagas de

Limeira

Azul lembra Dia Mundial de Conscientização do Autismo em Limeira

Os servidores da Prefeitura de Limeira trabalharam nesta sexta-feira, 1º de abril, com roupas azuis para marcar o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, instituído pela Organização das Nações Unidas

Limeira

Operação Só Cacareco realiza coleta nesta semana

[vc_row][vc_column][vc_column_text]A Operação Só Cacareco realizará a coleta de materiais inservíveis nesta, entre os dias 22 e 26 de fevereiro. O recolhimento será feito apenas nos imóveis que receberem a filipeta

Deixe seu comentário