Andaime Teatro Unimep apresenta em Limeira a peça “Lugar onde o peixe pára”

O grupo Andaime Teatro Unimep levará ao público limeirense, no próximo domingo (12), a peça “Lugar onde o peixe pára”, em comemoração aos 30 anos de atividade da companhia. A peça virá a Limeira pelo Proac Circulação, da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, em parceria com a Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Cultura do município. O espetáculo será as 19h, no Teatro Vitória, com entrada franca.

“Lugar onde o peixe pára” estreou em 1996, com roteiro e direção de Carlos ABC. A peça retrata o universo caipira, evidenciado os mitos que permeiam e compõem o cotidiano das pessoas que habitam as margens do rio Piracicaba. A montagem mescla recursos cênicos com elementos autênticos do folclore e da cultura popular. A lenda do rio é usada como fio condutor, mas também estão presentes a Festa do Divino, o Cururu, as piadas de pescador, a pamonha, e os mitos “Nhala Seca” e o “Turco que come crianças”.

O espetáculo já foi visto em mais de 35 cidades de cinco Estados brasileiros e já foi encenada na Itália, em 1999, no Teatro Comunale di Tesero, Região de Trento. Nessa nova montagem, a peça já percorreu as cidades de Paraguaçu Paulista, São Pedro, São José dos Campos, Suzano, Presidente Prudente, Bebedouro, Piracicaba, São Paulo e Franco da Rocha.

Histórico
O grupo Andaime Teatro Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba) foi fundado em março de 1986 e, na época, contava com quatro integrantes. Segundo o ator da companhia, que coordena o Setor de Teatro da Unicamp, Antônio Chapéu, foi um período político ‘difícil’, marcado pela transição da Ditadura Militar para o regime democrático. “Alguns professores haviam sido perseguidos e presos. A Unimep tinha um posicionamento contrário à Ditadura e participou ativamente do movimento pelas Diretas Já”, afirmou.

Foi nesse contexto que o Andaime consolidou-se como importante produtor cultural do interior paulista. “O nome ‘andaime’ apresenta a perspectiva de um núcleo de teatro em construção, que está em constante crescimento”, frisou. Em 30 anos de história, encenou 14 peças e recebeu 120 prêmios, sendo 48 em decorrência da peça “Lugar onde o peixe pára”.

Em 2006, realizou uma turnê por quatro Estados americanos, com o espetáculo “O Segredo do Café com Biscuit”, nas cidades de Pulaski – Tenessee, Poultney – Vermont, New York City, NY e Marietta – Ohio. Recentemente o grupo realizou uma parceria com a Cia Contraponto de São Paulo e Coletivo Cascina Barà da Itália para a montagem da peça “O Anjo da história” com direção do italiano Pietro Floridia.

Você pode gostar também

Variedades

Pesquisa revela que mulheres gastam 54% do salário com beleza e homens menos de 1%

O fato de as mulheres ainda receberem salários menores que os dos homens não é novidade – o estudo mais recente do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) indica que a

Variedades

Amazon e Nova Fronteira anunciam Prêmio Kindle de Literatura para autores independentes no Brasil

A Amazon.com.br e a editora Nova Fronteira anunciaram na quinta-feira (1º) o Prêmio Kindle de Literatura para autores independentes no Brasil. Autores podem publicar seus romances inéditos escritos em português

Variedades

Dia Internacional da Cerveja: mitos e verdades sobre uma das bebidas mais populares do mundo

Na primeira sexta-feira de agosto celebra-se mundialmente a cerveja, uma das bebidas mais populares e consumidas do mundo. E, para mostrar que não faltam motivos para a celebrações, Daniel Wolff,

Deixe seu comentário