ANS recebe sugestões para trâmite de revisão de rol de procedimentos

ANS recebe sugestões para trâmite de revisão de rol de procedimentos

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) recebe, a partir de hoje (19), contribuições da sociedade para a elaboração de uma resolução normativa que regulamente o processo administrativo de atualização da lista mínima de cobertura obrigatória dos planos de saúde.

De acordo com a ANS, o assunto vem sendo discutido internamente desde outubro do ano passado, por meio de um grupo de trabalho que envolveu todas as diretorias da agência. O período para recebimento de sugestões vai até 17 de agosto. O envio pode ser feito mediante preenchimento de formulário online disponibilizado na página da agência.

O chamado Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde é a lista mínima de procedimentos que os planos de saúde são obrigados a cobrir para assegurar prevenção, diagnóstico, tratamento, recuperação e reabilitação de todas as enfermidades que compõem a Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID).

A cobertura desses procedimentos, segundo a ANS, é obrigatória para todos os planos contratados a partir da entrada em vigor da Lei nº 9.656/98, os chamados planos novos, ou para aqueles que foram adaptados à lei. A lista é atualizada pela agência a cada dois anos.

Você pode gostar também

Saúde

Shopping Center Limeira recebeu testes de Hepatite C

O Shopping Center Limeira recebeu na última sexta-feira (19)e no sábado (20) a Campanha Hepatite Zero. Em parceria com o Rotary Clube de Limeira Leste e a ABPH (Associação Brasileira

Saúde

SP distribui mais 1,9 milhão de vacinas contra a gripe

O estado de São Paulo distribuirá, a partir desta segunda-feira (23), 1,94 milhão de doses extras para a vacinação contra o vírus da Influenza. Com isso, SP prorroga a campanha

Saúde

STF suspende lei que autoriza produção e uso da “pílula do câncer”

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu hoje (19), de forma liminar, a lei permite a fabricação, distribuição e o uso da fosfoetanolamina sintética, conhecida como “pílula do câncer”. Por 6

Deixe seu comentário