Bolsonaro diz que está em “plena evolução” e “feliz”

Bolsonaro diz que está em “plena evolução” e “feliz”

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (5) que está em “plena evolução” e “feliz” em compartilhar este sentimento com todos. Em mensagem, postada na sua conta no Twitter, o presidente desejou um “excelente” dia para todos. Nesta terça-feira, ele completa 11 dias de internação após a cirurgia para reconstrução do trânsito intestinal.

“Há um gigantesco diferencial entre informar com imparcialidade e fazer militância maldosa. Meu estado de saúde neste momento encontra-se em plena evolução e estou feliz em compartilhar este sentimento com todos! Um dia de cada vez! Uma excelente terça-feira a todos”, disse.

O porta-voz da Presidência, Otávio do Rêgo Barros, informou que Bolsonaro foi submetido a tratamento com antibióticos após apresentar elevação da temperatura – 37,3 °C – e alteração de alguns exames laboratoriais, o que pode indicar processo infeccioso.

Prevista para esta semana, a alta médica foi adiada em sete dias. Exames de imagem mostraram uma “coleção líquida” ao lado do intestino na região da antiga colostomia, segundo o último boletim médico.

O presidente está internado em unidade de cuidados semi-intensivos. Ele permanece em jejum oral, com sonda nasogástrica e nutrição parenteral (endovenosa) exclusiva.

Você pode gostar também

Nacional

Polícia Federal faz operação contra venda de anabolizantes em seis estados

A Polícia Federal faz hoje (23) uma operação para desarticular três grupos criminosos especializados no comércio irregular de anabolizantes e outras drogas. Estão sendo cumpridos 30 mandados de prisão e

Nacional

BC diz que decisões sobre taxa de juros não podem ser antecipadas

O Banco Central (BC) disse, em nota hoje (18), que as decisões do Comitê de Polícia Monetária (Copom) são tomadas apenas durante as suas reuniões. Segundo matérias publicadas na imprensa,

Nacional

Boleto vencido pode ser quitado em qualquer banco a partir de hoje

A partir de hoje, boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco. A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) começa a adotar, de forma escalonada, uma plataforma de cobrança que permite

Deixe seu comentário