Calouros da Unicamp recebem informações sobre Dengue durante recepção

Foto: Adilson Silveira

Foto: Adilson Silveira


Uma parceria entre a Unicamp e a Prefeitura de Limeira levou informação sobre a dengue aos alunos das faculdades de Ciências Aplicadas e de Tecnologia da instituição. A ação ocorreu nesta sexta-feira, 26 de fevereiro, durante a recepção aos calouros, quando o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) montou um estande de prevenção à dengue, zika e chikungunya. A iniciativa está inserida na campanha “Faça Sua Parte” e também ocorreu nos dias 18 e 22.

No local, os alunos conheceram as ações que devem ser adotadas para eliminar o mosquito Aedes aegypti, além de aprender um pouco mais sobre as três doenças. Com o auxílio de um microscópio, foi possível observar as características físicas do mosquito e o seu ciclo de vida completo, desde os ovos até a fase adulta.
“Essa experiência foi bem proveitosa. Os jovens têm curiosidade para conhecer a dengue e estão disponíveis para fazer a prevenção corretamente. Precisamos ser mais fortes que o mosquito”, informou a agente de controle de endemias do CCZ, Sandra Regina Alves Clemente.

De acordo com o estudante do segundo ano de Administração Pública, Pedro Giudice Siqueira, de 20 anos, a iniciativa foi válida, pois boa parte dos estudantes está saindo de casa pela primeira vez. Na avaliação dele, esse é um bom momento para estimular ações de prevenção. “Os jovens entram na universidade com a mente aberta”, salientou. Outra aluna, Alexia Dalfré, do curso de Administração, considerou importante a conscientização dos estudantes. “A prefeitura e a Unicamp estão mostrando para os novos alunos como se faz a prevenção”, afirmou.

Integração
A parceria entre a Prefeitura de Limeira e a Unicamp ocorre em um momento histórico, quando a universidade celebra 50 anos de existência. Para comemorar a data, a Unicamp vem estreitando os laços com o poder público. Segundo a assessora do Gabinete do Reitor, Ana Maria Sampaio, que também é vice-presidente da subcomissão dos 50 Anos, o Trote da Cidadania visa a integração dos estudantes que passarão seus próximos anos em Limeira, proporcionando uma interlocução maior com a sociedade.

“Os estudantes serão novos moradores da cidade, e portanto, devem ter autonomia para fazer a prevenção dentro de casa”, comentou. Ela fez questão de destacar que a universidade dará continuidade às ações de prevenção e combate à dengue no decorrer do ano. “Já estamos realizando reuniões periódicas com a Vigilância Epidemiológica e com o Centro de Controle de Zoonoses”.

Durante o Trote da Cidadania, Ana Maria informou que também foram arrecadadas fraldas geriátricas, que serão doadas a entidades indicadas pelo Ceprosom.

Você pode gostar também

Limeira

Lei do pancadão é alterada e deve ser cumprida de forma efetiva

A alteração na lei do pancadão, do projeto de lei do vereador Ronei Martins, que aborda a intensidade máxima de sons e ruídos por veículos automotores ou de tração animal,

Limeira

Após 27 anos, moradores do Odécio Degan recebem posse da casa

Dona Haydee Hansen Calixto, uma ouvires de 59 anos, acordou às 3 horas de sábado, dia 2 de abril de 2016, e não conseguiu mais dormir. Enrolou o quanto pode

Limeira

Programação de julho das bibliotecas terá feira de troca de livros e atividades para crianças

A programação de julho das Bibliotecas Municipais Profº João de Sousa Ferraz e Profª Cecília Quadros está recheada de atividades especiais para os leitores de plantão. Além do tradicional Jogando

Deixe seu comentário