Carlos Ghosn recebe nova acusação formal da promotoria de Tóquio

Carlos Ghosn recebe nova acusação formal da promotoria de Tóquio

A promotoria de Tóquio apresentou hoje (22) uma nova acusação formal contra o brasileiro Carlos Ghosn por agravamento de abuso de confiança.

O ex-presidente do conselho de administração da Nissan é parte de uma batalha judicial desde novembro do ano passado sobre supostas irregularidades financeiras.

A promotoria acusa Ghosn de ter enviado dinheiro para uma concessionária em Omã, e que parte das divisas teria acabado nas mãos de uma empresa de fachada no Líbano, que ele próprio controla.

A promotoria aponta que a Nissan perdeu quase 5 milhões de dólares como resultado da transação.

O ex-executivo foi preso pela quarta vez no início deste mês. Ghosn nega todas as acusações.

Você pode gostar também

Auto

Novo Toyota Prius chega ao Brasil em dezembro

Apresentada no Salão de Frankfurt, a quarta geração do híbrido Prius desembarca no Brasil em dezembro. A confirmação foi feita pela Toyota durante a 11.ª edição do Salão Latino-Americano de

Auto

Volkswagen promete solução para eliminar manipulação de emissões

O grupo alemão Volkswagen anunciou hoje (26) que vai apresentar em breve uma solução que elimine a manipulação das emissões de gases poluentes de seus carros a diesel, verificadas em

Auto

Música “Tudo mudar” embala campanha da nova Sprinter

A Mercedes-Benz Vans lançou a nova geração da Sprinter, com novidades no design e em opções que acentuam itens como conforto e segurança. Para divulgar o modelo, a agência Today

Deixe seu comentário