Carlos Ghosn recebe nova acusação formal da promotoria de Tóquio

Carlos Ghosn recebe nova acusação formal da promotoria de Tóquio

A promotoria de Tóquio apresentou hoje (22) uma nova acusação formal contra o brasileiro Carlos Ghosn por agravamento de abuso de confiança.

O ex-presidente do conselho de administração da Nissan é parte de uma batalha judicial desde novembro do ano passado sobre supostas irregularidades financeiras.

A promotoria acusa Ghosn de ter enviado dinheiro para uma concessionária em Omã, e que parte das divisas teria acabado nas mãos de uma empresa de fachada no Líbano, que ele próprio controla.

A promotoria aponta que a Nissan perdeu quase 5 milhões de dólares como resultado da transação.

O ex-executivo foi preso pela quarta vez no início deste mês. Ghosn nega todas as acusações.

Você pode gostar também

Auto

Novo Civic sobe de patamar e virá com preços entre R$ 90 mil e R$ 115 mil

A nova geração do Honda Civic chega em meados do ano e promete incomodar a liderança, até aqui, tranquila do Toyota Corolla no segmento de sedãs médios. Entre as armas

Auto

Multas de trânsito ficam mais caras a partir de hoje

A partir de hoje (1º), as multas por infração de trânsito ficarão mais caras em todo o país. As regras mais rígidas para o Código de Trânsito foram estabelecidas pela

Auto

CCR AutoBAn e Instituto CCR promovem ações contra exploração sexual de crianças e adolescentes

A CCR AutoBAn, Concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, e o Instituto CCR realizam, a partir desta quinta-feira (18), Dia Nacional de Combate à Exploração Sexual Infantil, uma série de

Deixe seu comentário