Carteira de habilitação brasileira passa a valer na Itália

Carteira de habilitação brasileira passa a valer na Itália

O presidente Michel Temer assinou hoje (10) um decreto que trata do reconhecimento de carteiras de habilitação brasileiras na Itália. Da mesma maneira, as carteiras de motorista aa Itália serão reconhecidos no Brasil. O decreto origina-se de um acordo firmado em novembro de 2016 e será publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (11).

O acordo, assinado em Roma, foi aprovado pelo Congresso Nacional em outubro do ano passado e seguiu para promulgação de Temer. O reconhecimento mútuo passa a valer neste sábado (13).

O decreto vale para as carteiras de habilitação A e B, não provisórias e em vigor, emitidas por um ou outro país. Caso o solicitante tenha residência no país onde se solicita a conversão, é preciso que a habilitação tenha sido expedida antes da obtenção da residência.

O acordo vinha sendo negociado desde 2008, para que o portador da carteira de habilitação de um país possa convertê-la em documento equivalente no outro. Embora a Itália seja signatária da Convenção de Viena sobre Trânsito Viário, de 1968, desde 1998, o governo italiano não reconhecia a Carteira Nacional de Habilitação brasileira. Isso obrigava brasileiros residentes na Itália a seguir o procedimento do país para emissão do documento, prestando exames e pagando taxas.

Você pode gostar também

Mundo

Governo diz que derrotou tentativa de golpe e prendeu líderes na Turquia

O ministro do interior da Turquia, Efkan Ala, afirmou há pouco que a tentativa de golpe de estado no país foi repelida pelas forças leias ao presidente Recep Tayyip e

Mundo

No Dia Mundial Sem Carro, o desafio da bicicleta ganha cada vez mais adeptos

“A decisão de estacioná-lo para sempre não foi de repente. Eu estava ensaiando há algum tempo. Fui algumas vezes para o trabalho de bicicleta, mas acabava usando o carro para

Mundo

Chile sofre terremoto e recebe alerta para tsunami

Um terremoto de magnitude 7,9 na escala Richter atingiu hoje (15) o Chile. O tremor ocorreu no mar, a 11quilômetros de profundidade, às 19h54 (hora local). O país também recebeu

Deixe seu comentário