Chefes de cozinha e produtores falam em São Paulo sobre origens dos alimentos

Chefes de cozinha e produtores falam em São Paulo sobre origens dos alimentos

Começa na noite de hoje (1º), no Memorial da América Latina, na capital paulista, o Festival Origem, evento que reunirá chefes de cozinha e produtores engajados na relação transparente e respeitosa com os recursos naturais que dão origem aos alimentos. Com entrada gratuita, o festival terá 30 produtores que apresentarão alimentos brasileiros produzidos com base nas aptidões agrícolas do país. O festival prossegue no final de semana.

Além da feira de produtores, o Festival Origem terá palestras, debates, aulas, restaurantes, food trucks e bikes para discutir de onde vêm os produtos que vão para a mesa do brasileiro.

Três palestras abrirão o evento: das 19h às 19h30, o chefe do Tanit Oscar Bosch, fala sobre a cozinha que une o mar e o monte; das 19h45 às 20h15. O médico Alberto Peribanez Gonzalez aborda o tema Receitas da agrofloresta para o corpo e para o planeta; para finalizar, entre 21h e 21h30 será abordado o tema Como pequenas escolhas impactam a cadeia de produção de alimentos, com Helena Mattar, pesquisadora da Salsada.

No sábado, a oficina de Heloisa Bacellar, chefe do Lá da Venda ensinará a utilizar o polvilho artesanal para fazer tapioca e outras delícias ( das 11h30 às 12h); Sabrina Jeha, sócia do viveiro Sabor de Fazenda unirá pais filhos mostrando como fazer uma horta na cozinha (das 6h10 às 16:50); e Gabriella Ornaghi Arquitetura da Paisagem, Gabriella Ornaghi, Bianca Vasone, Lilian Dazzi e Rodrigo Bordigoni ensinarão como montar um jardim vertical de temperos e plantas alimentícias não convencionais (das 16h50 às 17h25).

No encontro terão palestras Como ter um consumo alimentar mais consciente, de Helio Mattar, diretor presidente do Instituto Akatu (13h20 às 13h50); Como usar plantas alimentícias não convencionais na gastronomia, das 14h00 às 14h30, com Harri Lorenzi, coautor do livro Plantas Alimentícias Não Convencionais no Brasil e fundador do Jardim Botânico Plantarum, de Nova Odessa.

Falarão durante o encontro, Henrique Nunes, chefe do Naiah, restaurante do Jardim Botânico Plantarum e Cozinha com ingredientes da biodiversidade brasileira e Roberto Smeraldi, do Instituto Atá (18h30 às 19h00).

No último dia de programação o chefe do Le Manjue, Renato Caleffi, mostra a Oficina de cozinha vegana criativa, com proteínas sustentáveis, biomassa de banana verde (das 2h15 às 12h55); o chefe do Taioba, de Camburi (SP), Eudes Assis, apresenta Práticas sustentáveis da cozinha caiçara (das 13h15 às 13h45); Marcio Atalla, professor de Educação Física, colunista de Época e comentarista da rádio CBN fala sobre Como ter um estilo de vida mais saudável (das 16h30 às 7h10), entre outros.

“Queremos valorizar a produção agrícola de pequena escala, com alto valor gastronômico e cultural. O Brasil pode oferecer uma grande variedade de produtos produzidos com técnicas modernas que conciliam o meio ambiente à atividade rural”, disse o presidente da Sociedade Rural Brasileira, Marcelo Vieira.

Você pode gostar também

Nacional

Aeroportos da Infraero têm movimentação tranquila nesta segunda de carnaval

Os aeroportos administrados pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) têm situação tranquila nesta segunda-feira de carnaval (27). O Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, é o que registra melhor

Nacional

Brasileiros que viajam com frequência aos EUA terão entrada facilitada a partir de 2016

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta terça-feira (30), em parceria com o governo dos Estados Unidos, a inclusão do Brasil no programa Global Entry, que agiliza a entrada de viajantes

Nacional

BC reduz juros básicos da economia para 14%; redução é a primeira em quatro anos

Pela primeira vez em quatro anos, o Banco Central (BC) baixou os juros básicos da economia. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu hoje (19) a taxa Selic

Deixe seu comentário