Chuva deve chegar hoje à Chapada dos Veadeiros, diz Inmet

Chuva deve chegar hoje à Chapada dos Veadeiros, diz Inmet

A chuva deve chegar hoje (27) à Chapada dos Veadeiros, contribuindo para o controle do incêndio no Parque Nacional, de acordo com previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A região registrou este ano o menor acumulado de chuva para o mês de outubro. A previsão é que a chuva se intensifique no final de semana.

Segundo o Inmet, as chuvas serão causadas pela subida de uma frente fria da Região Sul para a Região Sudeste. São esperadas trovoadas, rajadas de vento que podem ultrapassar os 50 km por hora e descargas elétricas. Hoje, a chuva deve ser de curta duração. A temperatura deve variar de 23ºC a 33ºC e a umidade relativa do ar de 25% a 50%.

As precipitações na Chapada chegaram a 6,5mm, até agora, um valor que representa apenas 5% da média para o mês que é 114,4mm. A menor média registrada desde 1975 havia sido de 13,6 mm, em outubro 2012.

Segundo a meteorologista consultora do Inmet, Ingrid Peixoto, a baixa de chuvas se deu por uma massa de ar quente e seca, que inviabiliza a formação de nuvens, eleva as temperaturas e baixa a umidade relativa. “Com pouca umidade e temperatura elevada, qualquer ação do homem ou estiagem propicia ocorrência de queimadas”, disse. “Se chover hoje, a superfície mais fria vai amenizar o incêndio.”

Veranico

O Inmet prevê chuvas para o início de novembro, do dia 1º ao dia 11, com previsão de 50mm nesse período. No entanto, do dia 13 ao dia 25 é possível que a Região Centro-Oeste passe por uma nova estiagem.

“A expectativa é que as chuvas, no início do mês, consigam elevar a umidade relativa e reduzir os focos de incêndio. “Não teremos mais folhas secas acumuladas, que são combustível. Elas estarão molhadas, o que não vai contribuir para mais para incêndios”, afirmou Ingrid.

A chuva é muito esperada pela população das cidades da Chapada dos Veadeiros e pelos brigadistas. Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o fogo só será extinto com a chuva. O incêndio que atinge o Parque Nacional começou no dia 17. Antes disso, outro incêndio, iniciado no dia 10, já foi controlado. Até agora, o último incêndio, mais crítico, abrange uma área queimada de 64 mil hectares, o equivalente a 26% da área total do parque.

Distrito Federal

As chuvas do final de novembro também bvão beneficiar o Distrito Federal, que passa por racionamento de água. As precipitações devem elevar o nível dos reservatórios. No DF, a máxima esperada para hoje é de 32ºC e a mínima, 20ºC. A umidade relativa do ar varia de 25% a 75%.

Na região, o mês de outubro acumula precipitação de chuvas de 13,9 mm, o equivalente a 8% da média para o mês, de 166,6mm. A situação é semelhante a que ocorreu em 1961. O recorde de estiagem em outubro foi registrado em 1980, com 8,4mm.

Você pode gostar também

Nacional

Petrobras reduz em 4% preço do GLP de uso industrial e comercial

A Petrobras reduziu em 4%, em média, os preços de comercialização do gás liquefeito de petróleo (GLP) destinado aos usos industrial e comercial. A redução entrará em vigor no sábado

Nacional

Enem: gabaritos saem na quarta e resultado final no dia 19 de janeiro

Os estudantes terão acesso ao resultado final do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no dia 19 de janeiro. No resultado, poderão saber quanto tiraram em cada uma das quatro

Nacional

Indústria paulista tem em outubro maior oferta de empregos dos últimos 7 anos

Pelo segundo mês consecutivo, a indústria de transformação paulista contratou mais do que demitiu em outubro, elevando em 0,11% o nível de emprego. Foram abertos 2,5 mil postos de trabalho,

Deixe seu comentário