Combate à dengue recebe apoio de igrejas evangélicas

Combate à dengue recebe apoio de igrejas evangélicas

A Prefeitura de Limeira prossegue o trabalho de sensibilização para prevenção à dengue junto ao segmento religioso. No dia 1º, o prefeito Mario Botion, reuniu-se com integrantes da Assembleia de Deus de Madureira, e no último sábado (7), o chefe do Executivo foi representado pelo diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari, e pela chefe da Divisão de Zoonoses, Pedrina Aparecida Rodrigues Costa, durante encontro na Assembleia de Deus Limeira.

Os encontros tiveram como objetivo solicitar apoio dessas comunidades religiosas na campanha de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. Paralelamente, houve apresentação de informações relativas ao controle da dengue no município, principalmente sobre os resultados da última Avaliação de Densidade Larvária. O levantamento detectou índice predial de 2,7%, quadro que revela situação de “alerta” em relação ao mosquito. Houve, ainda, a entrega de material informativo para distribuição junto aos fiéis.

Uma parceria semelhante também foi firmada pela prefeitura com a Diocese de Limeira, Fórum Inter-religioso e sindicatos ligados à União Sindical dos Trabalhadores de Limeira (USTL) e ao Sindicato dos Bancários. Botion ressaltou que o combate à dengue é uma das prioridades de seu governo e que vem adotando todos os esforços no controle do Aedes aegypti.

Você pode gostar também

Limeira

Nova tarifa passa a valer a partir da próxima segunda em Limeira

A Prefeitura de Limeira apresentou nesta quinta-feira (2), ao Conselho Municipal de Desenvolvimento do Transporte Público de Limeira, as novas tarifas para os usuários do transporte público coletivo. O decreto

Limeira

Usuários recebem orientação sobre descarte de lixo nas unidades de saúde

Conscientizar sobre a importância da coleta e do descarte do lixo é o objetivo de capacitações permanentes direcionadas aos munícipes que aguardam atendimento na recepção das unidades de saúde da

Limeira

Brasil tem 477 grávidas e lactantes no sistema carcerário

Entre as cerca de 31 mil mulheres que cumpriam pena em todo o país em setembro deste ano, 477 estavam grávidas ou amamentando. Segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça

Deixe seu comentário