Concurso Público da Câmara vira caso de polícia

Concurso1
As provas do concurso público da Câmara Municipal de Limeira realizadas neste domingo (15) foram marcadas por confusão para os cargos de analista de comunicação e multimeios, analista jurídico e assessor jurídico técnico legislativo e uma nova data para prova será reagendada.

Em uma mesma sala estava sendo realizada as provas para os três cargos e, por se tratar de um anfiteatro, estavam todos muito próximos. Em outra sala, apenas com candidatos de analista de comunicação e multimeios, a prova corria normalmente quando eles foram avisados sobre o cancelamento. Algumas pessoas já tinham feito metade da prova.

Em nota, a câmara afirma que o cancelamento das avaliações ocorreu visando à segurança dos candidatos, depois de um tumulto que teve início no anfiteatro da Faculdade de Tecnologia (FT-Unicamp), pois parte dos concorrentes aos cargos alegou que havia superlotação no espaço. A Câmara, por meio da comissão organizadora, tentou o diálogo, buscando uma alternativa que apresentasse um consenso para todos, mas não foi possível.

As provas para os outros cargos (jornalista, consultor técnico especializado – economia/contabilidade / gestão pública/ciências sociais / arquitetura/engenharia civil) foram concluídas e não serão reaplicadas.

Você pode gostar também

Limeira

Nova seleção do Mais Médicos registra 6,3 mil inscrições

O Ministério da Saúde informou ter registrado, até a manhã de hoje (22), 6.394 inscrições para a nova seleção de profissionais do Programa Mais Médicos. O edital, publicado na última

Limeira

Vereador quer saber da falta do serviço dos Correios no Geada

Procurado por moradores do Bairro do Geada, que descreveram a falta do serviço dos Correios na região, o vereador Luís Fernando Silveira, Luisinho da Casa Kühl, solicitou informações sobre o

Limeira

Tripulantes de navio cruzeiro são investigados por suspeita de rubéola

A suspeita de que tripulantes do navio MSC Seaview tivessem contraído rubéola levou equipes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Grupo de Vigilância Epidemiológica do Estado de São

Deixe seu comentário