Deic prende trio que usava “chupa-cabra” para roubar dados de banco

A Polícia Civil prendeu três homens que instalavam dispositivos “chupa-cabra” em computadores de uma agência bancária na Capital. Dois deles, detidos neste domingo (2), eram funcionários do banco.

Policiais civis da 5ª Delegacia de Investigações sobre Furtos e Roubos a Bancos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), foram procurados por seguranças da agência bancária. A instituição informou que criminosos haviam instalado um aparelho que copiava os dados do sistema interno quando um funcionário efetuava uma operação para algum cliente.

Após investigação, os agentes conseguiram deter os indiciados enquanto eles tentavam reinstalar as máquinas na mesma agência. O aparelho usado, conhecido como “chupa-cabra”, capturava as informações de clientes em computadores internos do setor administrativo.

O dispositivo tinha acesso à internet por meio de rede de dados e permitia o controle remoto do computador da agência à distância. Dessa forma, os criminosos efetuavam transferências bancárias sem serem detectados.

Segundo o banco, os acusados conseguiram subtrair cerca de R$ 60 milhões, principalmente de contas judiciais. Dois dos indiciados eram estagiários do setor administrativo do banco.

Investigações prosseguem para capturar os demais integrantes da quadrilha e recuperar os valores subtraídos.

Você pode gostar também

Polícia

Mentor de sequestro da sogra de empresário da Fórmula 1 é preso em SP

O comandante Jorge Eurico Faria, mentor do sequestro de Aparecida Schunk Flosi Palmeira, foi preso em flagrante na manhã de hoje (1º) em São Paulo, informou o secretário de Segurança,

Polícia

Ex-namorado é o principal suspeito por morte de empresária de Arthur Nogueira

O ex-namorado da empresária Rosana Machado dos Reis, encontrada morta na última sexta-feira (22) em um canavial em Cosmópolis, se tornou o principal suspeito pelo crime. Segundo a Polícia Civil,

Polícia

Homem ateia fogo ao próprio corpo em frente ao Palácio do Planalto

Um homem ainda não identificado ateou fogo ao próprio corpo na manhã de hoje (10) em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros

Deixe seu comentário