Detran.SP tem 96% de aprovação do público no primeiro semestre

Detran.SP tem 96% de aprovação do público no primeiro semestre

As unidades modernizadas do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) concluíram o primeiro semestre deste ano com uma média de 96% de aprovação dos usuários. No Estado, 179 postos funcionam com padrão de atendimento e, juntos, concentram 80% da frota paulista. Confira aqui a relação dos dez postos com maior porcentagem de avaliação positiva.

Ao todo, 3.900.407 avaliações foram feitas pelos usuários no período por meio de um aparelho presente nas mesas das unidades, onde é possível classificar o atendimento recebido como ‘ótimo’, ‘bom’, ‘regular’ e ‘ruim’. Dessas, 3.821.114 classificaram o serviço prestado como bom ou ótimo. No ano passado, o índice de aprovação ficou em 95%.

Entre os principais motivos para a satisfação do público estão as melhores condições de atendimento e a agilidade na execução de serviços nos postos modernizados.

As unidades têm infraestrutura moderna, atendimento por meio de senha, funcionários treinados, condições de acessibilidade, computadores para acesso aos serviços online, prova teórica eletrônica, com resultado na hora, pagamento de taxas com cartão de débito, entre outros benefícios.

Você pode gostar também

Nacional

Consumidores brasileiros esperam inflação de 9,1% nos próximos 12 meses

Os consumidores brasileiros esperam uma inflação de 9,1% nos próximos 12 meses, segundo pesquisa de outubro deste ano da Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa estimada pelos consumidores caiu 0,7

Nacional

Indústria acumula queda de 8,3%, diz IBGE

A produção industrial brasileira registrou queda de 2,4% de outubro a novembro de 2015, o sexto resultado consecutivo frente ao mês imediatamente anterior, na série livre de influências sazonais, fechando

Nacional

MP libera R$ 1,9 bi para repor perdas de estados e municípios com exportações

O presidente Michel Temer liberou hoje (13), via medida provisória (MP), R$ 1,95 bilhão para repor as perdas com créditos do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS)

Deixe seu comentário