Dia 30 de junho terá um segundo a mais de duração

O dia 30 de junho terá um segundo a mais que os habituais 86.400 segundos. O motivo é que a rotação da Terra está mais lenta, de acordo com informações da Agência Espacial Americana (Nasa), gerando uma disparidade entre o tempo real de um dia e o contabilizado pelo Tempo Universal Coordenado (UTC), medida padrão usada em todo o mundo.

A base do UTC é o relógio atômico, o mais preciso do mundo. Nesse relógio, a duração do tempo é medida a partir de transições eletromagnéticas em átomos de césio. Essas transições são totalmente confiáveis. O aparelho determina com exatidão a duração dos segundos, minutos, horas e dias. É a medida que define a hora oficial em todo mundo.

Entretanto, o movimento de rotação da Terra não é tão preciso. A duração dos dias reais é influenciada por numerosos fatores. Os movimentos do manto da Terra e dos oceanos, as estações do ano e as variações no clima podem diminuir a velocidade de rotação do planeta, aumentando a duração dos dias em até 1 milésimo de segundo.

Creative Commons - CC BY 3.0 - O movimento de rotação da Terra está mais lento, segundo a Nasa

Creative Commons – CC BY 3.0 – O movimento de rotação da Terra está mais lento, segundo a Nasa


Parece pouco, mas o acúmulo dessas frações produzem uma defasagem entre o tempo medido pelo UTC e o tempo real da rotação da Terra. Por essa razão, o Serviço Internacional de Sistemas de Referência e Rotação da Terra, encarregado pela manutenção das duas escalas e pelo ajuste da UTC, determinou o acréscimo de um segundo “bissexto” para esta terça-feira.

Segundo informações do Observatório Nacional, responsável pela conservação e disseminação da Hora Legal Brasileira, o primeiro ajuste no UTC ocorreu em 1972. Desde então, 26 segundos foram acrescentados. Até marcar 21h, amanhã o horário de Brasília ficará como 20 horas, 59 minutos e 59 segundos por dois segundos.

Você pode gostar também

Tecnologia

Matéria sobre Frei Galvão alcançou mais de 30 mil pessoas em menos de 12 horas

Matéria publicada pelo Alô Limeira no dia 20 de abril, a respeito da morte de uma jovem grávida no hospital Frei Galvão, teve o alcance de mais de 30 mil

Tecnologia

Usuários do MercadoLivre podem anunciar Serviços via celulares Android e iOS

A partir deste mês, usuários de dispositivos móveis Android e iOS podem criar anúncios de Serviços – categoria da área de Classificados do MercadoLivre – e também gerenciar seus anúncios

Tecnologia

WhatsApp voltará a ser bloqueado no Brasil

O WhatsApp, aplicativo de troca de mensagens, será bloqueado mais uma vez em todo o Brasil, após decisão judicial do Rio de Janeiro. A decisão foi feita pela juíza Daniela

Deixe seu comentário