Dia dos Namorados: ESET aponta seis golpes virtuais mais propagados nessa época do ano

Especialistas da empresa destacam que tende a crescer o número de ataques virtuais que utilizam essa data comemorativa para infectar os internautas
Os cibercriminosos aproveitam datas comemorativas para disseminar golpes online e, principalmente, roubar informações e infectar usuários desavisados. Assim, os pesquisadores do Laboratório da ESET – fornecedora de soluções de segurança da informação – recomendam que os internautas reforcem o cuidado no Dia dos Namorados, comemorado no Brasil em 12 de junho.

Os especialistas da ESET afirmam que tende a crescer o número de ameaças virtuais na ocasião do Dia dos Namorados. De forma geral, elas buscam enganar pessoas interessadas sobre o tema.

Para ajudar os internautas a evitar esse tipo de problema, a ESET reuniu as seis ameaças virtuais mais propagadas no Dia dos Namorados:

1. Caixa de chocolates (com Worm)
Ao redor de todo o mundo, os namorados costumam trocar caixas de chocolates (especialmente se elas têm formato de coração). Mas, no mundo das ameaças cibernéticas, o uso dessas caixas em mensagens e conteúdos em geral pode representar o refúgio perfeito para um Worm.

Trata-se de um programa malicioso com capacidade de autoreplicação e que, ao invadir o computador, tenta modificar o registro da máquina para ser carregado toda vez em que ela for inicializada. Portanto, os internautas precisam ficar atentos, porque Worms são bastante difundidos nessa época do ano.

2. A carta de amor (spam)
Os internautas devem ficar atentos a declarações de amor recebidas por email. Antes de abrir o conteúdo, devem certificar-se de que o remetente é legítimo, já que com a proximidade do Dia dos Namorados tende a crescer o número de spam que utilizam esse tipo de recursos. Nesse caso, o uso de um filtro de spam instalado no computador ou outro dispositivo utilizado para acesso à internet pode ser uma boa solução.

Nos últimos anos, o Dia dos Namorados se tornou a desculpa perfeita para o envio de links maliciosos, com o objetivo de roubar informações, por meio de letras de músicas românticas e cartões postais.

Uma carta de amor de destinatários desconhecidos pode levar o usuário a uma campanha de scam ou phishing, que pode ser encontrada em fóruns, blogs ou mensagens de texto. Portanto, deve-se ficar atento se um admirador tentar fazer contato virtual.

3. O buquê (para espalhar a infecção)
As mulheres são o alvo mais provável desse ataque, já que elas são mais acostumadas a receber buquês em diversas ocasiões, e, especialmente, no Dia dos Namorados. Mas deve-se focar atento, caso um cibercriminoso use a desculpa de entrega de flores virtuais para, na verdade, explorar um bug.

Bugs de software são relatados com frequência e os cibercriminosos tendem a utilizá-los para enganar o sistema de segurança.

4. As joias que só querem geolocalização
Desde câmeras de IP que mostram em streaming o que registram até Smart TVs que espionam os usuários, os cibercriminosos usam as mais diversas maneiras para invadir a privacidade das pessoas. E esse poderia ser o caso de uma bela joia como presente de Dia dos Namorados.
Como muitos outros dispositivos wearables (usáveis), a peça permite que os cibercriminosos conheçam a posição exata do usuário – e, dessa forma, tenham informações fundamentais para realizar um ataque.

Afinal, o número de dispositivos que incorporaram uma webcam nos últimos anos tem crescido de forma alarmante, a partir de telefones celulares e tablets, a Smart TV etc. Embora, essa seja uma opção mais remota, não deve ser descartada.

5. “Mixtape” uma bateria de canções românticas (infectada)
Quem nunca recebeu ou enviou um mix de músicas românticas para a pessoa amada? Dependendo da sua data de nascimento, talvez tenha usado fitas ou cds, mas, atualmente, o USB é perfeito para esse tipo de presente.

Acontece que por causa de sua popularidade e praticidade de uso, o USB é amplamente utilizado em todo o mundo e, portanto, tornou-se um vetor de ataque comum. Quando o dispositivo é introduzido ou conectado a uma unidade removível em um computador infectado, as ameaças são copiadas, por meio de arquivos e atalhos ocultos, garantindo sua implementação.

6. O cartão de presente para um (falso) day spa
Imagine que o internauta receba um cartão presente que dá direito a um dia de spa, mas ao chegar ao local percebe que tudo não passa de uma farsa. A cada dia os cibercriminosos se tornam mais criativos, por isso não é surpreendente que um vale-presente, tal como um voucher para um dia de spa, seja utilizado para um golpe.

O objetivo desse tipo de fraude geralmente é coletar endereços para o envio de spam, mas também criar incerteza ou apenas a diversão do remetente.

“Os cibercriminosos estão cada vez mais criativos, portanto, os internautas precisam ficar atentos a novas ameaças”, afirma Camillo Di Jorge, Country Manager da empresa no Brasil. “Com a aproximação do Dia dos Namorados, as pessoas devem redobrar a atenção para evitar golpes e ameaças virtuais, os quais também dependem da instalação de uma solução de segurança da informação proativa nos equipamentos que acessam à internet”, finaliza.

Sobre a ESET
Fundada em 1992, a ESET é uma fornecedora global de soluções de segurança que provê proteção de última geração contra ameaças virtuais. A empresa está sediada na cidade de Bratislava (Eslováquia), com centros de distribuição regionais em San Diego (Estados Unidos), Buenos Aires (Argentina) e Singapura, e com escritórios em São Paulo (Brasil), Cidade do México (México), Praga (República Chega) e Jena (Alemanha). A ESET conta ainda com Centros de Pesquisa em nove países e uma ampla rede de parceiros em mais de 180 localidades.

Desde 2004, a ESET opera na América Latina, a partir de Buenos Aires, onde conta com uma equipe de profissionais capacitados a responder às demandas do mercado local de forma rápida e eficiente, a partir de um Laboratório de Pesquisa focado na investigação e descoberta proativa de várias ameaças virtuais.

Além de seu produto mais conhecido, o ESET NOD32 Antivírus, desde 2007, a ESET oferece o ESET Smart Security, uma solução unificada que utiliza a multipremiada proteção proativa. As soluções ESET oferecem aos clientes corporativos o maior retorno sobre investimento (ROI) da indústria, ao garantir uma alta taxa de produtividade, velocidade de exploração e um uso mínimo de recursos.

Para mais informações, acesse o site www.eset.com.br, o blog http://blogs.eset.com.br/laboratorio/, ou acompanhe a ESET nas redes sociais: https://www.facebook.com/EsetBrasil e https://twitter.com/eset_brasil

Você pode gostar também

Tecnologia

Mídia no Brasil deve crescer acima da média global

A receita global do setor de mídia e entretenimento deve atingir US$ 2,14 trilhões em 2020 – um aumento de 4,4% ao ano. No Brasil, a previsão de crescimento anual

Tecnologia

Diretor do Whatsapp critica decisão judicial

O bloqueio dos serviços do Whatsapp, determinado ontem (2) pela justiça de Sergipe, foi criticado pelo diretor executivo do Whatsapp, Jan Koum, em sua conta no Facebook. “Mais uma vez

Tecnologia

Juiz catarinense determina o bloqueio do Facebook no Brasil por 24h

Um juiz de Santa Catarina determinou que a rede social Facebook seja retirada do ar por 24 horas em todo o país. A medida se deve a empresa desobedecer à

Deixe seu comentário