Ebola: Libéria anuncia volta do vírus ao país

A Libéria anunciou hoje (30) o regresso do vírus do Ébola, seis semanas depois de a doença ter sido erradicada do país. “Um novo caso de Ébola foi registado no condado de Margibi, o paciente morreu e os testes confirmaram a doença antes da morte,” afirmou o ministro adjunto da Saúde, Tolbert Nyensuah.

Libéria anunciou  a volta do vírus do Ébola, seis semanas depois de a doença ter sido erradicada do país. EPA/Agência Lusa

Libéria anunciou a volta do vírus do Ébola, seis semanas depois de a doença ter sido erradicada do país. EPA/Agência Lusa

O ministro disse a uma rádio que foram identificados e estão em quarentena todas aspessoas que tiveram contatos com a vítima. “Estamos investigando para saber a origem desse novo caso. Pedimos a todos os cidadãos na Libéria que continuem a respeitar as medidas preventivas”, disse.

Os vizinhos da Libéria, Serra Leoa e Guiné-Conacri continuam a combater a epidemia de febre hemorrágica que já matou mais de 11 mil pessoas desde o início de 2014. O condado de Margibi está mais perto da capital Monrovia do que de qualquer fronteira.

O porta-voz da Organização Mundial de Saúde, Tarik Jasarevic, disse aos jornalistas em Genebra que a agência da Organização das Nações Unidas foi informada do novo caso.

Você pode gostar também

Saúde

Saiba diferenciar as doenças respiratórias mais comuns no inverno

Com a queda da temperatura e a consequente aglomeração de pessoas em ambientes fechados, a população fica mais suscetível aos vírus e bactérias presentes no ar. Essa equação pode resultar

Saúde

O que nossas crianças estão comendo?

Alimentação industrializada pode reduzir QI das crianças Até os dois anos de idade, as crianças devem ter uma alimentação saudável e variada. De acordo com a nutricionista Patrícia Milaré, alguns

Saúde

Pesquisadores descobrem em Manaus vírus que causa paralisia nas pernas

Pesquisadores descobriram em Manaus um novo vírus que causa diarreia, paralisia das pernas por até duas semanas e que pode levar à morte. Segundo a pesquisadora que coordenou o trabalho,

Deixe seu comentário