Em culto, pastor pede a prefeito que impeça trabalho de agentes de trânsito em Limeira

Um vídeo que está circulando pela internet mostra o pastor Levy Ferreira de Souza, da igreja Assembléia de Deus, orientando o prefeito de Limeira, Paulo Hadich (PSB), a impedir que agentes de trânsito exerçam suas funções nos arredores de templos evangélicos na cidade.

As imagens se iniciam com o pastor agradecendo a presença do prefeito e da primeira dama no culto e, ao concluir seus agradecimentos, afirma que há algo importante que precisa falar ao prefeito e descreve que na data que antecedeu as imagens, os agentes de trânsito do município compareceram aos arredores do templo religioso e intencionaram aplicar multas aos veículos que se encontravam estacionados de forma irregular. No entanto, um dos membros da igreja teria ido até os agentes e informado, nas palavras do pastor, “o que ele é aqui na cidade” e por conta disso os funcionários públicos teriam desistido de aplicar as multas, deixando claro, porém, que no dia seguinte retornariam ao local para exercer a fiscalização. Em continuidade, o pastor relata que ao saber do fato disse ao pessoal da igreja que o prefeito também estaria lá e, portanto, queria ver “se o prefeito manda ou não manda nesses camaradas.”.

Seguindo sua fala, o pastor Levy orienta ao prefeito para que diga aos agentes de trânsito que não mexam “com os crentes”. Ao ser ovacionado pelos fiéis presentes, o pastor se dirige à Hadich e fala que “Se o senhor não resolver, eu vou ser candidato à prefeito. O senhor está vendo o negócio.”.

Aos 3m19s do vídeo, o pastor afirma que porque os motoristas que frequentam a igreja pararam sobre as calçadas ou estacionaram seus veículos em cima da grama, os agentes de fiscalização estariam abusando dos fiéis, e que isso precisa ser mudado.

As imagens são finalizadas com o pastor dizendo ao prefeito para que avise aos funcionários públicos da fiscalização de trânsito que não apenas na Assembléia de Deus, mas em todas as igrejas evangélicas da cidade de Limeira, existe apenas gente de bem, dando a entender que os agentes devem deixar de exercerem sua função, ainda que constatem o cometimento de infrações como a do estacionamento em passeios ou gramados, condutas estas tipificadas no artigo 181, VIII do Código de Trânsito Brasileiro, como infração grave, para a qual é cabível a aplicação da penalidade de multa pecuniária e cinco pontos na carteira de habilitação, sendo também passível a remoção do veículo como medida administrativa.

O Alô Limeira entrou em contato com o Secretário de Mobilidade Urbana, Sebastião Pinto de Souza e, segundo ele, não se pode “fazer vista grossa ou não enxergar um carro estacionado de forma irregular, senão não há necessidade de existir agentes de trânsito.”. O Secretário ressaltou ainda que um veículo estacionado de forma irregular pode causar um acidente de trânsito, bem como impedir que pedestres circulem livremente pelos passeios.




Você pode gostar também

Limeira

Crianças fazem homenagem às mães para grupo de idosos de Limeira

Os alunos do Centro Infantil João Ari Cason realizaram apresentações de danças e teatro em homenagem ao Dia das Mães para um grupo da Melhor Idade que faz parte de

Limeira

Ruas são interditadas neste fim de semana e no Dia de Finados

Em decorrência de eventos em Limeira e do Dia de Finados (2 de novembro), algumas ruas da cidade serão interditadas entre 30 de outubro e 2 de novembro. O departamento

Limeira

Cursos de hotelaria e entretenimento formam 59 pessoas

O Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Limeira (Sinhores) – em parceria com a Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Turismo e Inovação, promoveu

Deixe seu comentário