Escola de Limeira foi selecionada e receberá apoio para desenvolver projeto de aquaponia

Os alunos do 1º ao 5º ano da Emeief Martim Lutero, situada na zona rural, que estão inseridos do projeto Mais Educação da Escola em Tempo Integral, estão participando de um projeto ambiental de Horta Sustentável, por meio do sistema de aquaponia. Para desenvolver o projeto, a escola se inscreveu num programa de apoio sustentável da empresa Sicoob Credicitrus, que aprovou a iniciativa e financiará o valor integral de toda a iniciativa. Com o repasse da verba, o projeto começará a ser implantado a partir deste mês.

Foto: Adilson Silveira

A aquaponia é um mecanismo sustentável integrado de produção de peixes e plantas. Pelo sistema, os peixes são colocados em uma caixa de 500 litros de água, onde produzirão adubos para manter uma horta de temperos e hortaliças. O depósito de água dos peixes ficará interligado a caixas rasas com argila expandida, em que haverá a troca de água contínua para a filtragem e adubação por meio de uma bomba. A alimentação dos peixes será de minhocas e das hortaliças produzinas na horta.

De acordo com Diná Fischer, diretora da escola, o objetivo principal do projeto é capacitar os alunos da área rural através da implantação de um sistema fechado de produção alimentícia, utilizando apenas recursos naturais. “O cenário da área rural tem mudado muito. É preciso despertar na comunidade, por meio das crianças, a consciência ambiental, ou seja, é preciso que as pessoas explorem os recursos naturais que campo proporciona, produzam o seu próprio cultivo e comecem a consumir produtos naturais”, disse.

Ainda de acordo com Diná, as escolas rurais têm o papel de contribuir na produção de conhecimentos e de valores para o povo viver melhor no campo.” A escola do campo faz parte de uma realidade comunitária e por isso deve dialogar com a comunidade’, ressaltou.

Além de implantar o sistema de aquaponia, foram construídos minhocários e compostagem. Ainda serão instaladas uma cobertura de calhas e uma cisterna para a coleta e armazenamento de águas pluviais. A confecção, instalação, e manutenção dos minhocários e do sistema de aquaponia serão feitos pelos próprios alunos, com acompanhamento, instrução e apoio da equipe da escola. A professora e idealizadora do projeto, Gerrie Schrik, explicou que a ideia é absorver todo o lixo produzido na escola.

Cerca de 100 crianças participaram do projeto que também visa incrementar a leitura no âmbito escolar e inserir no cotidiano abordagens que enfoquem as questões relacionadas à saúde e o meio ambiente, ressaltando a valorização da melhor qualidade de vida.

APOIO
A empresa Sicoob Credicitrus desenvolve uma política institucional de responsabilidade socioambiental, apresentando princípios e diretrizes que norteiam as ações socioambientais nos negócios e na relação com as partes interessadas, visando contribuir para a concretização do cooperativismo com desenvolvimento sustentável.

Adalardo Silva Martins, representante da empresa, disse que a aprovação do projeto da escola se deu devido à proposta inovadora do projeto. O custo inicial levantado pela escola será de 21 mil reais e será financiado 100% pela empresa. “O perfil do projeto é muito relevante uma vez que segue todas as diretrizes do nosso segmento. Nunca havíamos recebido de uma escola um projeto com essa proposta. Vamos acompanhar e ver o resultado para multiplicarmos essa iniciativa. Achamos muito interessante por ter vindo de uma escola rural”, destacou.




Você pode gostar também

Limeira

Avenida Dr. Antonio de Luna é recapeada

A Prefeitura de Limeira deu início, nesta terça-feira (28), ao recapeamento da avenida Dr. Antonio de Luna, no Jardim Aeroporto. Os motoristas devem estar atentos aos desvios sinalizados, além de

Limeira

Audiência pública sobre resíduos da construção civil será dia 25

No dia 25 de agosto, às 19h, será realizada uma audiência pública para discutir as propostas do Plano Municipal de Gerenciamento dos Resíduos da Construção Civil (PMGRCC). O evento ocorrerá

Limeira

Servidores do Detran de Limeira aderem à greve

Funcionários do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP) entraram em greve nesta segunda-feira (20), em todo o Estado de São Paulo. Os servidores reivindicam aumento salarial de 26,3%.

Deixe seu comentário