Falsos disparos criam caos e deixam vários feridos em Nova York

Várias pessoas ficaram feridas neste domingo (16) em Nova York por causa do pânico criado pela crença de que tinham sido feitos disparos em um parque de diversões, o segundo incidente deste tipo registrado nos últimos dias.

De acordo com fontes da polícia e dos bombeiros citados pela rede de televisão CBS, o fato aconteceu perto do parque de atrações de Coney Island, um dos lugares favoritos da população para desfrutar das praias locais.

Aparentemente, houve uma briga no parque, com uma pessoa detida e algumas garrafas de vidro quebradas, e um dos fortes ruídos gerou a crença de que se tratava de um tiro, o que criou o caos.

No entanto, fontes policiais negaram que tenha havido um tiroteio no local. “Qualquer relatório sobre disparos na área do parque recreativo de Coney Island é falso. Não foram feitos disparos”, disse o esquadrão de polícia da região. Os relatórios dão conta de vários feridos, sem detalhar o número, que foram tratados com ferimentos leves.

Na noite de sexta-feira passada (14) houve uma situação parecida na estação de trens Penn Station, de Manhattan, ao começar o pânico por causa de falsos disparos, em um incidente que causou ferimentos leves em 16 pessoas.

Você pode gostar também

Mundo

Maduro determina que funcionários opositores deixem o governo

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que funcionários públicos que ocupam cargos de direção e são a favor do referendo promovido pela oposição para tirá-lo do poder têm até

Mundo

Estados Unidos realizam hoje eleições para escolher novo presidente

Cerca de 120 milhões de americanos estão indo às urnas nesta terça-feira (8) para decidir quem vai ser o 45º presidente dos Estados Unidos da América. Os dois principais candidatos

Mundo

Terrorismo: motorista de caminhão é identificado pela polícia francesa

O motorista de caminhão que matou mais de 80 pessoas em Nice foi identificado pela polícia, informou a agência Reuters nesta sexta-feira (15). “O motorista do caminhão foi formalmente identificado

Deixe seu comentário