Geladeiras abrigam livros em Limeira; projeto foi inaugurado nesta sexta

IMG_8547aTransformar geladeiras antigas em pequenas bibliotecas é o objetivo do programa Geladeiroteca, inaugurado nesta sexta-feira (12), pela Prefeitura de Limeira. Os livros podem ser retirados gratuitamente e levados para casa. Em troca, o leitor deve doar um título em bom estado, colocando-o na geladeira.

A primeira unidade do programa foi instalada em um local de grande movimentação, o Teatro Vitória, localizado na Praça Toledo Barros, s/nº, Centro. De acordo com a secretária de Cultura, Gláucia Bilatto, a ideia é implantar outras cinco geladeiras na cidade, sendo que a próxima funcionará na sede da prefeitura, no Edifício Prada. “Os livros têm a missão de levar as pessoas a outros lugares, de despertar o pensamento e a reflexão. Nossa proposta é facilitar o acesso à cultura”, frisou.

Gláucia também ressaltou a preocupação ambiental do projeto, pois dá nova destinação a um eletrodoméstico que levaria centenas de anos para se decompor. Antes de receber os livros, porém, a geladeira passou por um processo de recuperação, recebeu pintura nova e foi abastecida com grande diversidade de livros, com títulos nacionais e internacionais. Dentre os autores brasileiros, estão disponíveis obras de Machado de Assis, Graciliano Ramos e Luis Fernando Veríssimo.

Segundo a primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Limeira, Deise Hadich, que na ocasião representou o prefeito Paulo Hadich, é preciso valorizar a leitura como forma de manifestação cultural. “Essa gestão tem como meta elaborar projetos de acessibilidade e diversidade cultural. A Geladeiroteca irá somar a essa meta, levando a cultura para mais perto das pessoas”, frisou.

A cerimônia de lançamento do programa foi acompanhada por alunos de escolas municipais. A estudante Clara Brito Souza, de 7 anos, que estuda na Emeief Clara Monzoni Lang, surpreendeu-se com a proposta. “Pensei que fosse uma geladeira normal, mas descobri que tinha livros dentro”, comentou. Outra estudante, Hellen Moraes Vieira, de 10 anos, da Emeief Aracy Nogueira Guimarães, a iniciativa foi interessante. “Achei a ideia criativa, usaram as prateleiras da geladeira como estante de biblioteca”, afirmou. Na sequência, os alunos assistiram à animação ‘Cada um na sua casa’, dentro do projeto Cine Escola, da prefeitura.

Você pode gostar também

Limeira

Vistoria técnica começa com adesão maciça dos habilitados

Dos cerca de 200 habilitados agendados para a vistoria técnica nos apartamentos do Residencial Rubi, 98% compareceram ao empreendimento, até a manhã desta quarta-feira (2). Para parte das famílias, é

Limeira

Educação no Trânsito é tema de abertura da Sipat 2017

A Sipat 2017 (Semana Interna de Prevenção de Acidentes no Trabalho) da Prefeitura de Limeira começou nesta segunda (23), com duas palestras sobre “Educação no Trânsito”. O evento, que é

Limeira

Eventos interditam ruas em Limeira neste fim de semana

Em decorrência de eventos no município, algumas ruas de Limeira serão interditadas entre os dias 3 e 4 de setembro. O Departamento de Trânsito, da Secretaria de Mobilidade Urbana, pede

Deixe seu comentário