Gilmar Mendes diz que faltam R$ 250 milhões para eleições deste ano

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, disse hoje (19) que faltam cerca de R$ 250 milhões no orçamento da Justiça Eleitoral para a realização das eleições municipais deste ano.

“Como vocês sabem o fundo partidário sofreu um aumento significativo, portanto, se destacaram recursos para o fundo partidário e faltou para o TSE”, disse o ministro a jornalistas após a sessão da Corte Eleitoral.

Mendes disse que já se reuniu duas vezes com o novo ministro do Planejamento, Romero Jucá, para tratar do tema e que o governo “está buscando uma solução para o tema”.

O presidente do TSE descartou a possibilidade de adiar as eleições. “Não podemos adiar. As eleições já estão marcadas e não podemos correr nenhum risco. Isso envolve contratos, fabricação de urnas, recomposição de urnas que não estão de acordo”.




Você pode gostar também

Política

Comissão especial da Câmara aprova relatório da reforma trabalhista

A comissão especial criada para analisar a reforma trabalhista na Câmara dos Deputados aprovou hoje (25) o parecer do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). O relatório foi aprovado por 27 votos

Política

CPI do Pedágio Limeira-Cordeirópolis recebe relatório parcial da Consultoria Técnica

A equipe da Consultoria Técnica Especializada do Legislativo entregou aos vereadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Pedágio um relatório parcial com a conferência de dados sobre a arrecadação

Política

Juiz ouve em Brasília testemunhas no processo da Operação Zelotes

O Juiz Vallisney de Souza Oliveira, da Justiça Federal em Brasília, ouve na manhã de hoje (17) o depoimento de Patrícia Pullem, uma das técnicas responsáveis pelo relatório da Corregedoria

Deixe seu comentário