Grupo de venezuelanos deixa Boa Vista e vai para o Rio Grande do Sul

Grupo de venezuelanos deixa Boa Vista e vai para o Rio Grande do Sul

Mais de 200 venezuelanos deixaram Boa Vista (RR) hoje (12) com destino a Canoas, no Rio Grande do Sul. É a primeira vez que a cidade participa do processo de interiorização dos imigrantes oferecendo assistência às famílias.

Canoas vai receber R$ 1,2 milhão em repasses do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) como ajuda financeira para os próximos seis meses.

O dinheiro será usado para estruturação da rede socioassistencial do município para acolhida dos venezuelanos.

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) deixou a capital de Roraima às 8h15 (horário local). No início da tarde, o grupo chega a Porto Alegre e irá para abrigos.

Outro grupo deve embarcar ainda esta semana com o mesmo destino, segundo a Casa Civil da Presidência da República, responsável pela coordenação do programa.

O órgão também confirmou a transferência de mais famílias para Esteio, também na Região Metropolitana de Porto Alegre, até o próximo domingo (16). Esteio receberá R$ 534,4 mil.

Mais de 1,5 mil imigrantes foram transferidos
Desde abril, quando a interiorização começou a ser feita, mais de 1,5 mil imigrantes foram levados a outros estados. As transferências são voluntárias.

Primeiro, as cidades manifestam ter condições de receber os venezuelanos, geralmente com espaços oferecidos por organizações sociais e igrejas, e autoridades do governo federal e organismos internacionais como a Agência da Organização das Nações Unidas (ONU) para Refugiados (Acnur) e a Agência da ONU para as Migrações (OIM).

A partir daí, são identificadas as pessoas que têm interesse no projeto e enquadradas nos perfis de cada abrigo.

Todos os venezuelanos que solicitam refúgio e residência recebem vacinas e são submetidos a exame de saúde, além de serem regularizados no Brasil, com documentos como o CPF (Cadastro de Pessoa Física) e carteira de trabalho.

Ao longo deste mês, o governo espera transportar quase 400 pessoas por semana. Na última semana, 408 venezuelanos foram levados de Roraima para Manaus, Cuiabá, São Paulo e Brasília.

Você pode gostar também

Mundo

Japão instala sistemas antimísseis no Norte do país por ameaça norte-coreana

O Japão instalará nesta terça-feira um novo interceptador de mísseis PAC-3 na ilha setentrional de Hokkaido, em resposta aos dois últimos projéteis lançados pela Coreia do Norte que sobrevoaram o

Mundo

Chinesa sobrevive quase 40 horas no mar após cair de navio

Uma chinesa de 32 anos sobreviveu por quase 40 horas em alto mar após cair de um navio que havia partido de Xangai, na China, com destino ao Japão. A

Mundo

Sequestro de avião egípcio termina com prisão de passageiro

O homem que desviou hoje (29) um avião do Egito para o Chipre foi detido, informou fonte do governo cipriota citada pela agência France Presse. A informação foi divulgada minutos

Deixe seu comentário