Guedes diz que enxugará estrutura da economia e confirma 6 secretarias

Guedes diz que enxugará estrutura da economia e confirma 6 secretarias

Paulo Guedes, que assumirá o Ministério da Economia no próximo governo, afirmou hoje (29) que pretende enxugar em 30% a estrutura atual. A decisão de Guedes é fixar em seis o número de secretarias especiais, concentrando as áreas consideradas prioritárias. A informação foi transmitida a um grupo de jornalistas na sede do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de Brasília, onde funciona o governo de transição.

De acordo com o planejamento de Guedes, as secretarias especiais ficarão com a seguinte disposição: Comércio Exterior e Assuntos Internacionais sob comando de Marcos Troyjo, que era conselheiro de Guedes. Salim Mattar, sócio e presidente da empresa Localiza, será o secretário de Desestatização.

Temas da Previdência e Receita serão coordenados por Marcos Cintra, presidente da Financiadora de Estudos e Projetos. Os nomes para as outras três secretarias especiais – Fazenda, Planejamento e Produtividade – ainda não foram definidos pelo economista.

Você pode gostar também

Limeira

Graminha terá palestras sobre saúde das gestantes

A Prefeitura de Limeira, por meio do Centro de Saúde da Família (CSF) Graminha, promove um ciclo de seis palestras voltadas às gestantes. Serão abordados temas nas áreas de psicologia,

Limeira

Inflação da construção fica em 0,49% em abril, diz FGV

O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou inflação de 0,49% em abril deste ano. A taxa é superior ao 0,19%

Limeira

Conab eleva projeção de grãos para 226 milhões de toneladas

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elevou a estimativa da safra de grãos 2017/2018 para 226 milhões de toneladas, um aumento de 0,2% em relação ao último levantamento, divulgado no

Deixe seu comentário