Hoje é o dia D contra a pólio

Porto Alegre-RS 14/06/08 Prefeito José Fogaça durante a abertura da 1ª Etapa da Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil Local: Centro de Saúde Modelo Foto: Edu Andrade / PMPA

Porto Alegre-RS 14/06/08
Prefeito José Fogaça durante a abertura da 1ª Etapa da Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil
Local: Centro de Saúde Modelo
Foto: Edu Andrade / PMPA

Hoje (15) é o Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite, doença também conhecida como paralisia infantil. Mais de 100 mil pontos de vacinação espalhados por todo o país – unidades de saúde, postos volantes em escolas, praças e locais públicos – estarão abertos neste sábado durante a mobilização. Até o dia 31 de agosto, o Ministério da Saúde pretende imunizar, pelo menos, 12 milhões de crianças com idade entre 6 meses e 5 anos incompletos.

O Ministério da Saúde alerta que crianças com infecções agudas, febre acima de 38 graus Celsius (ºC) ou hipersensibilidade a algum componente da vacina devem ser avaliadas por um médico para saber se a imunização é indicada.

A paralisia infantil é uma doença infectocontagiosa e afeta o sistema nervoso provocando paralisia irreversível. Apesar de o Brasil não apresentar casos da doença desde 1990, o ministério alerta que é importante imunizar as crianças para evitar que a doença volte a ser registrada em território nacional, pois em outros países ainda há casos de infecção.

Durante a campanha, os pais podem colocar em dia outras vacinas dos filhos. Serão aplicadas doses contra rotavírus, varicela, meningites, tuberculose, sarampo, rubéola, coqueluche, caxumba, febre amarela, hepatites. Basta que os pais levem a caderneta da criança para que os profissionais de saúde avaliem as doses atrasadas.

Confira a lista de postos e horários de funcionamento:
Centro de Saúde da Família – Boa Vista 8h às 17h Rua Castro Barreto, 162 Boa Vista
Centro de Saúde da Família – Planalto 8h às 17h R. Prof. Ely A. Campos Jd. Planalto
Centro de Saúde da Família – Vista Alegre 8h às 17h R. Maria M. de Oliveira Jd. Vista Alegre
Centro de Saúde da Família – Cecap 8h às 17h Av. Fausto E. dos Santos Cecap
Centro de Saúde da Família – Jd. Aeroporto 8h às 17h R. Antonio de Luna Jd. Aeroporto
Centro de Saúde da Família – N. Europa 8h às 17h Elisa Stalberg ,366 Jd Nova Europa
Centro de Saúde da Família – N.S.Dores 1 8h às 17h Av. Frei João das Merces, 50 Jd. N. S. Dores
Centro de Saúde da Família – Jd. Morro Azul 8h às 17h Rua Osvaldo Bertoline ,500 Jd. Morro Azul
Centro de Saúde da Família – Pq. Hipólito 8h às 17h R. Arlinda Abreu Ribeiro S/N Pq. Hipólito
Centro de Saúde da Família – Abilio Pedro 8h às 17h R. Agostinho Gianoto S/N Pq. Abilio Pedro
Centro de Saúde da Família – Graminha 8h às 17h R luis Pereira do Prado, 156 Jd Graminha
Centro de Saúde da Família – Nova Limeira 8h às 17h R Luis Fontanin, 179 Nova Limeira
Centro de Saúde da Família – Nova Suiça 8h às 17h Rua Vereador Samuel Berto N Suiça
Centro de Saúde da Família – Lopes 8h às 17h Bairro dos Lopes Bairro dos Lopes
Vigilância Epidemiológica – 8h às 17h Av. Ana C. B. Levy nº 650 Centro
Centro de Saúde da Família – Novo Horizonte 8h às 17h Rua Nelson Ferraz da Silva, S/N Jd Novo Horizonte
Shopping Center Limeira – 8h às 17h Via Anhanguera E Ragazzo

Você pode gostar também

Saúde

Justiça fixa teto de 5,72% para reajuste de planos de saúde

Liminar concedida pela Justiça Federal de São Paulo determina que o reajuste dos planos de saúde individuais e familiares de todo o país devem ser de 5,72%, no máximo, em

Saúde

STF suspende lei que autoriza produção e uso da “pílula do câncer”

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu hoje (19), de forma liminar, a lei permite a fabricação, distribuição e o uso da fosfoetanolamina sintética, conhecida como “pílula do câncer”. Por 6

Saúde

Endocrinologista alerta para aumento de casos de diabetes infantil

Chocolates, balas, pirulitos, refrigerantes e biscoitos recheados. Guloseimas como essas fazem parte da rotina das crianças. Contudo, o consumo excessivo de açúcar entre os pequeninos tem ocasionado no aumento significativo

Deixe seu comentário