Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,31% em abril

Inflação para famílias de renda mais baixa fica em 0,31% em abril

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1), que mede a variação de preços da cesta de compras de famílias com renda até 2,5 salários mínimos, registrou inflação de 0,31% em abril. A taxa é superior ao 0,08% de março.

Segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), que divulgou hoje (4) os dados no Rio de Janeiro, o IPC-C1 acumula inflação de 1,65% em 12 meses. As taxas são inferiores às observadas pelo Índice de Preços ao Consumidor – Brasil (IPC-BR), que mede a inflação para todas as faixas de renda e que acusou 0,34% em abril e 2,98% em 12 meses.

Cinco das oito classes de despesa componentes do IPC-C1 apresentaram alta em suas taxas de variação de março para abril: alimentação (de -0,27% para 0,25%), saúde e cuidados pessoais (de 0,30% para 1,32%), educação, leitura e recreação (de zero para 0,15%), despesas diversas (de 0,03% para 0,29%) e comunicação (de -0,25% para -0,18%).

Dois grupos tiveram queda na taxa: transportes (de 0,38% para -0,16%) e vestuário (0,43% para 0,32%). O grupo habitação repetiu em abril a taxa de variação do mês anterior: 0,23%.

Você pode gostar também

Limeira

“Brasil precisa de quimioterapia para que não pereça”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (15) que “juntamente com parlamentares” está resolvendo um problema do Brasil, em referência à reforma da Previdência, que está em tramitação na Câmara dos

Limeira

Prefeito se reúne com comando da PM e reforça medidas de segurança

O prefeito Mario Botion se reuniu nesta terça-feira(13) com comandante do 36º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Claudio Roberto Sorje e iniciaram tratativas sobre adequações e melhorias na área

Limeira

MP entra com mais uma ação contra Sérgio Cabral por improbidade

O Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) entrou com uma ação civil pública contra o ex-governador fluminense Sérgio Cabral e contra o ex-procurador-geral de Justiça do estado Cláudio Lopes.

Deixe seu comentário