Inter vence o São Paulo e quebra invencibilidade do rival no Morumbi

O São Paulo não mostrou o mesmo futebol da Libertadores da América e acabou conhecendo a sua primeira derrota no Brasileirão. Na tarde deste domingo, o clube paulista perdeu para o Internacional pelo placar de 2 a 1, em pleno Morumbi. Os gols foram marcados por Eduardo Sasha. Lugano diminuiu.

Com o resultado, o Internacional confirma sua fama de algoz do São Paulo e leva o clube para a sexta colocação com quatro pontos, mesma pontuação do líder Santa Cruz. O clube paulista, por sua vez, segue no meio da tabela com três. Esta é a primeira derrota do ano dentro do Morumbi.

Mesmo classificado à semifinal da Copa Libertadores da América, o São Paulo foi com seus principais jogadores para o confronto diante do Internacional. O clube paulista começou na pressão e por pouco não surpreendeu o adversário aos quatro minutos. Calleri aproveitou a falha da defesa rival, recuperou a bola, passou por Danilo Fernandes, mas acabou desarmado. Na sobra, Kelvin arriscou e parou na grande defesa do goleiro.

O Inter não demorou para equilibrar as ações e foi ganhando mais volume de jogo. Focado exclusivamente no Brasileirão, pareceu mais concentrado e abriu o placar aos 36 minutos. Vitinho foi cercado por Maicon e Lugano, mas conseguiu deixar Eduardo Sasha na cara para o gol. O atacante deu um leve toque na bola, que encobriu Denis e parou no fundo das redes.

Após o gol, o São Paulo teve que se abrir e foi para a cima. O empate quase veio aos 39 minutos. Hudson recebeu livre dentro da área e tentou de voleio. A bola passou por cima do gol de Danilo Fernandes. O Internacional acabou administrando o resultado até o intervalo.

O São Paulo voltou para o segundo tempo com uma postura mais ofensiva, com a clara intenção de buscar o empate, mas encontrou um Danilo Fernandes inspirado na sua estreia com a camisa do Internacional. Logo aos sete minutos, o goleiro defendeu em dois tempos uma cabeçada certeira de Calleri. E voltou a fazer milagre num chute de Centurión, dentro da área.

Depois de muito equilíbrio na segunda etapa, os minutos finais ganharam em emoção. Aos 41 minutos, Alex foi expulso após cometer falta em Paulo Henrique Ganso. Lucas Fernandes cobrou na cabeça de Lugano, que deixou tudo igual, mas não deu nem tempo para o São Paulo comemorar.

Aos 43 minutos, William arrancou pelo lado direito de campo, passou como quis por Lucas Fernandes e tocou nos pés de Eduardo Sasha. O atacante dominou, olhou e chutou forte para fazer o segundo do Internacional.

Na próxima rodada, o São Paulo visita o Coritiba na quarta-feira, às 21h45, no Estádio Couto Pereira. O Internacional enfrenta o Sport na quinta-feira, às 16h, no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Você pode gostar também

Futebol

Corinthians vence América (MG) fora de casa

O Corinthians segue brigando pelas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o time paulista visitou o América Mineiro no Independência, em Belo Horizonte, pela 12ª rodada, e venceu por

Futebol

Calleri faz quatro, São Paulo seis no Trujillanos e ganha sobrevida

Com quatro gols de Calleri, o São Paulo ganhou uma sobrevida na Copa Libertadores da América ao bater o Trujillanos pelo placar de 6 a 0 em sua primeira partida

Futebol

Em noite de recorde, Palmeiras empata com o Santos

Em dia de recorde de público no Allianz Parque – mais de 40 mil pessoas estiveram presentes no estádio -, o Palmeiras perdeu os 100% de aproveitamento em casa ao

Deixe seu comentário