Iracemápolis fará campanha de prevenção do Câncer de Boca

A Prefeitura de Iracemápolis irá promover entre os dias 30 de abril e 20 de maio, a Campanha de Prevenção do Câncer Bucal com diagnóstico precoce e orientações sobre a prevenção da doença.

As atividades serão realizadas, juntamente com a Campanha da Gripe, em todas as unidades de saúde no sábado, dia 30 de abril, das 8h às 17h e, durante a semana, das 7h às 16h.

Abaixo, segue artigo da dentista responsável pela saúde bucal de Iracemápolis, Zuleica Meneghim.

CÂNCER BUCAL – A IMPORTÂNCIA DO DIAGNÓSTICO PRECOCE
O câncer é uma doença que assusta a todos indistintamente. O medo é explicado pelos dados de institutos de pesquisa mostrando que milhares de pessoas irão adoecer a cada dia pelos diversos tipos de câncer e pelo fato de que, no passado, significava uma sentença de morte. Ainda não há um tratamento específico e eficaz apesar de todo o recurso investido em pesquisa. Dessa forma, enquanto não dispomos de um método eficaz para vencer essa guerra, a prevenção e o diagnóstico precoce continuam sendo as melhores escolhas.

O câncer de cavidade oral é considerado um problema de saúde pública em todo o mundo. A última estimativa mundial apontou que ocorreriam cerca de 300 mil casos novos, para o ano de 2012, por câncer de boca e lábio. Desses, cerca de 80% ocorreram em países em desenvolvimento. Estimam-se, para o Brasil, no ano de 2014, 11 mil casos novos de câncer da cavidade oral em homens e 4 mil em mulheres.

Os principais fatores de risco para o câncer da cavidade oral são: tabagismo (fumar), etilismo (ingestão de bebida alcoólica), infecções por HPV e exposição à radiação UVA solar (câncer de lábio). Contudo, entre tais fatores, destacam-se o tabagismo e o etilismo. Estudos mostram um risco muito maior de desenvolver câncer na cavidade oral em indivíduos tabagistas e etilistas do que na população em geral, mostrando, inclusive que, quando essas duas situações estão presentes, o risco é aumentado.

Devemos lembrar um aumento no risco de acordo com o tempo que a pessoa fuma, com o número de cigarros fumados por dia e com a frequência de ingestão de bebidas alcoólicas. As taxas de incidência para câncer de cavidade oral relacionado à infecção pelo HPV, como amígdala, base da língua e orofaringe, vêm aumentando entre a população de adultos jovens em ambos os sexos. Parte desse aumento pode ser em razão de mudanças no comportamento sexual.
Para reduzir a mortalidade, é necessário que haja diagnóstico precoce feito por meio do exame clínico dos tecidos da boca, realizado obrigatoriamente por um dentista capacitado, com o qual será possível identificar tanto lesões potencialmente malignas quanto o câncer em estágios iniciais, possibilitando um tratamento menos agressivo e o aumento da sobrevida. O autoexame é importante, mas não substitui o exame feito por um profissional da área.




Você pode gostar também

Saúde

Campanha de vacinação contra gripe deve atingir 54 milhões de pessoas

O Ministério da Saúde lançou hoje (13), em Brasília, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A mobilização começará um pouco mais cedo em relação ao ano passado, tendo

Saúde

Agência Europeia de Medicamento aprova vacina contra malária

A Agência Europeia de Medicamento (EMA) aprovou hoje (24) a vacina experimental mais avançada do mundo contra a malária. A vacina foi batizada de “RTS,S” ou “Mosquirix”, da empresa de

Saúde

Sangue raro de paranaense será enviado para Minas Gerais

Segue nesta quinta-feira (18), para Minas Gerais, o sangue doado por uma paranaense para auxiliar no tratamento de uma paciente mineira portadora de anemia falciforme. É um tipo raro de

Deixe seu comentário