Itália cria robô doméstico que pode até passear com cachorro

O Instituto Italiano de Tecnologia (IIT) produziu o primeiro robô para realizar trabalhos domésticos. Batizado como R1 – o humanoide pessoal, o projeto poderá ser comercializado a partir de 2017. Liderado pelo engenheiro de software Giorgio Metta, o programa foi criado por uma equipe de 22 jovens cientistas entre mecânicos e especialistas eletrônicos.

Com 1,25 metro, podendo se estender a 1,4m, o robô foi produzido na cor branca, com 50% de plástico, 50% de fibras de carbono e metal e com as mãos revestidas de couro artificial.

No lugar das pernas, há rodas e no rosto há uma tela escura, na qual serão visíveis expressões, como os emojis. Com peso aproximado de 50 quilos, o R1 é considerado o irmão do famoso Icub, o robô com rosto de uma criança usado para pesquisa em todo o mundo.

Considerado um verdadeiro mordomo, o R1 tem autonomia de três horas e é recarregado através de uma simples tomada. O robô tem duas câmeras de visão, um scanner 3D, alto-falantes e um microfone.

O equipamento ainda possui uma placa de rede sem fio que permite a conexão com a internet, podendo baixar atualizações para o software. O novo produto tecnológico poderá servir café na cama, organizar os armários e até mesmo levar os cachorros para passear.




Você pode gostar também

Tecnologia

Facebook libera cinco novos botões alternativos ao ‘curtir’

Não se assuste se as publicações no Facebook começarem a serem bombardeadas por carinhas amarelas com nomes engraçados como “Uau”, “Amei” e “Grr”. A partir desta semana, os usuários do

Tecnologia

BB renegocia R$ 1 bilhão em dívidas pela internet

O Banco do Brasil conseguiu renegociar mais de R$ 1 bilhão de dívidas em atraso por meio da internet. Mais de 100 mil clientes, entre empresas e pessoas físicas, fizeram

Tecnologia

Aplicativo gratuito mede velocidade da internet móvel

A Proteste – Associação Brasileira de Defesa do Consumidor lançou um aplicativo para ajudar o consumidor a conferir a velocidade de sua internet móvel. O programa permite que o consumidor

Deixe seu comentário