Laboratórios não tem mais vacina contra H1N1 segundo clínicas particulares de Limeira

O alto número de casos de H1N1 e a corrida pela vacina contra a doença fizeram o produto acabar mais cedo neste ano. Nem mesmo em clínicas particulares de Limeira é possível encontrar a vacina.

O Alô Limeira entrou em contato com elas e foi informado que não vão mais receber a vacina, pois o laboratório não tem mais para venda.

Em nota, a Unimed confirmou nesta quinta-feira (12) que devido a grande demanda pela vacina H1N1, os laboratórios não irão atender os pedidos pelos lotes, nem mesmo às solicitações antecipadas que já haviam sido realizadas, desde o mês de fevereiro, pela Unimed Limeira.

“Impossibilitada de atender a quantidade de vacinas que seria necessária para efetuar a campanha de 2016, a Unimed Limeira informa que a vacinação coletiva não será realizada. Contudo, salientamos que não faltará esforços por parte de toda Cooperativa para que possamos atender os nossos clientes normalmente nos próximos anos”, informa a nota.

Você pode gostar também

Saúde

Câncer infantil: pediatra tem papel fundamental no diagnóstico

O Dia Mundial de Combate ao Câncer Infantil, celebrado em 14 de fevereiro, foi criado em 2001 por organizações não governamentais com o intuito de alertar pais e médicos sobre

Saúde

Aplicativo gratuito ajuda a manter vacinação em dia

Um aplicativo para smartphones e tablets pode auxiliar usuários a manter a imunização em dia e a não perder seus históricos vacinais. A ferramenta, desenvolvida com sistemas operacionais iOS e

Saúde

Pela saúde e auto estima, pessoas investem nos exercícios e qualidade de vida

[vc_row][vc_column][vc_column_text] Nos dias de hoje, o sedentarismo pode ser considerado um desafio para a humanidade, pois as pessoas ganham a vida sentadas, trabalham sentadas o tempo inteiro e não fazem

Deixe seu comentário