Limeira é sede de curso voltado à formação de motociclistas para atendimento a emergências

capa

Foto: Divulgação

Limeira foi sede do 1º Curso de Formação de Motociclistas de Atendimento às Urgências para Guardas Civis Municipais (GCMs). A capacitação é uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Civil, com a Academia Preparatória da GCM, em parceria com os instrutores do Grupo de Motociclistas Atendimento às Urgências (GMAU), da Rede Samu. O curso ocorreu na semana passada, com o objetivo de aprimorar as técnicas de condução segura dos guardas que atuam na Ronda Ostensiva Municipal com Motos (ROMU). A iniciativa não teve ônus para o município.

De acordo com coordenador e instrutor da capacitação, Eduardo Fernando de Souza, a utilização de motocicletas para serviços emergenciais de segurança e saúde, vem crescendo diariamente. “A utilização eficiente de motocicletas nas rotinas do serviço, assegura a chegada rápida no menor tempo possível”, ressaltou. “É um diferencial ímpar no serviço de segurança pública, considerando a agilidade, versatilidade e velocidade para os deslocamentos diários.”

Você pode gostar também

Limeira

Força-tarefa limpa imóvel e resgata idosa doente

O Ceprosom (Centro de Promoção Social Municipal), por meio da Diretoria de Desenvolvimento Social e Cidadania, realizou uma força-tarefa na sexta-feira (29) na rua Pedro de Barros Sampaio, na Vila

Limeira

Aproximadamente 15 mil pessoas foram às ruas em Limeira

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Este domingo pode entrar para história de Limeira como a maior manifestação popular contra o Governo Federal. Segundo dados prévios da Polícia Militar, aproximadamente 15 mil pessoas foram às ruas

Limeira

Setenta e cinco mil venezuelanos buscam regularizar situação no Brasil

A Polícia Federal (PF) divulgou hoje (6) números atualizados a respeito do fluxo migratório de venezuelanos no Brasil. Segundo a PF, 75.560 venezuelanos buscaram a regularização de sua situação migratória

Deixe seu comentário