Limeira participa de lançamento do Observatório do Futuro, em São Paulo

Limeira participa de lançamento do Observatório do Futuro, em São Paulo

O secretário de Assuntos Jurídicos de Limeira, Daniel de Campos, participou hoje (31) do lançamento do Observatório do Futuro, que é um núcleo criado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo para monitorar a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Estado. O evento ocorreu em São Paulo. Também estiveram presentes a assessora jurídica Mariane Cover e o assessor de planejamento estratégico, Leonardo Furlan.

O evento contou com palestras sobre os ODS. Aprovados por lideranças mundiais, esses objetivos fazem parte da chamada Agenda 2030, uma série de metas definidas com a ajuda da ONU (Organização das Nações Unidas) para a promoção da governança democrática, preservação da natureza e erradicação da pobreza. Com isso, os 193 países-membros da entidade se comprometeram a desenvolver políticas públicas para estimular a prosperidade, levando em conta questões econômicas, sociais e ambientais.

O presidente do Tribunal, Sidney Beraldo, fez a abertura do evento e apresentarou o Observatório. No primeiro painel, especialistas falaram sobre a importância das metas da ONU. À tarde, foram discutidas formas de financiamento de atividades relacionadas ao processo de implementação desses marcos.

Você pode gostar também

Limeira

Iluminação de rotatória será removida provisoriamente

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, vai remover provisoriamente o poste de iluminação central ornamental localizado na Praça José Ponzo, conhecida como rotatória

Limeira

Asfalto da Gumercindo Araújo será refeito pela Prefeitura

Com aproximadamente 30 anos e vida útil vencida, o asfalto da avenida Gumercindo Araújo será totalmente refeito nos dois sentidos, entre a rotatória da Pedra e o hipermercado Enxuto, região

Limeira

Fachin rejeita mais um recurso em habeas corpus de Lula no STF

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento ao novo recurso contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que havia chegado à Corte nesta

Deixe seu comentário