Mediação comunitária é opção em casos de perturbação de sossego

O mediador é o Capitão PM Porcídio da Silva Neto. Foto: Sidney Booro

O mediador é o Capitão PM Porcídio da Silva Neto. Foto: Sidney Booro


Desde dezembro de 2015, Limeira conta com um Núcleo de Mediação Comunitária e quatro mediações já foram realizadas até a sexta-feira (5). O núcleo atende casos de perturbação de sossego, um problema recorrente e com muitas queixas por parte da comunidade à Polícia Militar.

O atual mediador é o Capitão PM Porcídio da Silva Neto, que foi capacitado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública. Ele explica que a mediação é feita através de diálogo com as duas partes envolvidas e o mediador não decide nada, não opina e nem diz o que é certo e errado. “Nós direcionamos a conversa, ouvindo como as duas partes estão se sentindo com o problema e o que poderia ser feito para diminuir o conflito”. Segundo ele, quando o caso é encaminhado ao delegado, não tem mais conversa, é medida judicial.

Por enquanto, o núcleo atende apenas casos de perturbação de sossego, mas nos próximos seis meses deve treinar mais policiais para o trabalho e atender também outros conflitos, como briga de vizinhos, ameaças e a desajustes comerciais, explica o Tenente Coronel PM Cláudio Roberto Sorge. Segundo ele, os principais benefícios da mediação comunitária são: melhora da qualidade de vida da comunidade, a possibilidade das pessoas se acertarem sem conflito e até mesmo disponibilizar mais policiamento para a cidade, já que não será necessário voltar ao local da mesma ocorrência.

O serviço pode ser acionado pelos próprios policiais quando atendem a ocorrência, por meio do responsável pelo boletim de ocorrência ou através do comandante, que lê todos os BOs no dia seguinte aos registros e identifica os casos que podem ser atendidos. A população também pode procurar diretamente o Núcleo de Mediação Comunitária, localizado na Rua Paulo Georgette, Jd Ibirapuera. Telefone: 34426877

Você pode gostar também

Polícia

Caminhonete invade Ministério da Fazenda e Polícia Federal faz perícia no local

A Polícia Federal realiza, neste momento, perícia na entrada de serviço do Ministério da Fazenda, em Brasília, invadida por uma caminhonete com placa de Londrina, por volta das 4h40 de

Polícia

Cármen Lúcia assume novamente a Presidência da República

Com a viagem do presidente Michel Temer ao México, hoje (23), a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, assumiu interinamente a Presidência da República. Pela segunda semana seguida

Polícia

Polícia Civil identifica autor de áudio com suposto toque de recolher

A Polícia Civil identificou autor de áudio com suposto toque de recolher que circula por redes sociais. O suspeito foi levado até a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) para prestar

Deixe seu comentário