Michel Bastos marca e São Paulo derrota Atlético (MG) no Morumbi lotado

Apesar do pouco tempo de recuperação, Michel Bastos mais uma vez mostrou o seu poder de decisão para ajudar a equipe.  Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Apesar do pouco tempo de recuperação, Michel Bastos mais uma vez mostrou o seu poder de decisão para ajudar a equipe.
Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net


Após um início de temporada turbulento, o São Paulo parece ter reencontrado o bom futebol. A prova disso foi o crescimento na Libertadores, competição em que se tornou um dos favoritos ao título. Na noite desta quarta-feira, derrotou o Atlético (MG) pelo placar de 1 a 0, em partida realizada no Estádio do Morumbi, pela partida de ida das quartas de final, colocando assim um pé na semifinal.

Com o resultado, o São Paulo joga por qualquer empate na partida de volta, marcada para a próxima quarta-feira, às 21h45, no Mineirão, em Belo Horizonte. O Atlético (MG), por sua vez, precisa vencer por dois gols de diferença para avançar.

São Paulo e Atlético iniciaram o primeiro jogo das quartas de final da Libertadores com os nervos à flor da pele. Logo de cara três jogadores – Thiago Mendes e Ganso pelo lado paulista, e Rafael Carioca, do adversário -, levaram cartão amarelo. Empurrado por mais de 61 mil torcedores, a equipe da casa optou pela pressão inicial e foi logo criando uma boa chance. Kelvin cruzou, Ganso desviou e mandou por cima do gol.

O Atlético (MG) foi equilibrando as ações e teve um gol anulado aos 34 minutos. Patric fez boa jogada pelo lado direito de campo e cruzou para Pratto, que marcou de carrinho. O jogador, porém, estava em posição de impedimento. Antes do apito final, o técnico Diego Aguirre foi obrigado a tirar Robinho da partida. O atacante sentiu uma lesão na coxa e foi substituído por Hyuri.

O primeiro tempo foi ruim para o Atlético, que já perdeu dois jogadores para a partida de volta. Junior Urso e Rafael Carioca receberam o terceiro amarelo e são desfalque certos.

No segundo tempo, o São Paulo demorou para engrenar. Só acordou quando Ganso chamou a responsabilidade nas boladas paradas, criando as principais oportunidades do time da casa. Após cobrança de escanteio do camisa 10, Maicon desviou de cabeça e Rodrigo Caio, por pouco, não chegou para empurrar. Na sequência, foi a vez de Calleri tentar e mandar para fora.

A pressão do São Paulo deu resultado aos 34 minutos. Em cobrança de falta de Wesley, Michel Bastos desviou de cabeça para mandar para o fundo das redes. Minutos antes, os torcedores gritaram pedindo a entrada do jogador, que começou entre os suplentes, Bauza atendeu e obteve resultado.

Após o gol, o jogo ficou paralisado por alguns minutos devido a grade de proteção da arquibancada. Alguns torcedores ficaram feridos, mas passam bem. Quando a bola voltou a rolar, o São Paulo só administrou para sair com a vitória.

Você pode gostar também

Futebol

Por causa de gramado, Pradão é interditado pela CBF

Uma vistoria realizada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no Estádio Comendador Agostinho Prada, o Pradão, em Limeira, levou à interdição do estádio por conta das condições do gramado. Além

Futebol

Morre aos 100 anos, João Havelange

O ex-presidente da Federação Internacional de Futebol (Fifa) João Havelange morreu hoje (16), aos 100 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava internado no Hospital Samaritano, de Botafogo, desde o

Futebol

Ferroviária vence Palmeiras, Red Bull derruba invicto e Ituano vira líder

O domingo (28) não foi nada bom para os cabeças de chave que estiveram em campo no fechamento da sétima rodada do Paulistão. O Palmeiras perdeu para a Ferroviária, por

Deixe seu comentário