Montadoras do ABC têm mais de 1 mil trabalhadores com contrato suspenso

As montadoras do ABC Paulista estão com pelo menos 1.125 empregados com o contrato de trabalho suspenso, em lay-off. Segundo dados do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a Ford é a montadora com maior número de trabalhadores nessa situação: 710 dos cerca de 3,9 mil empregados da fábrica do ABC.

O lay-off é uma alternativa para evitar demissões. Nessa modalidade, o empregado tem o contrato de trabalho suspenso temporariamente, mas continua recebendo parte do salário, pago pela empresa e pelo governo federal.

Na Mercedes, 350 trabalhadores estão com o contrato suspenso desde outubro do ano passado. A montadora têm cerca de 9 mil empregados no ABC.

A Volkswagen, que também tem cerca de 9 mil funcionários, tem 65 com o contrato suspenso atualmente.

O número de trabalhadores com contrato suspenso nas montadoras do ABC, no entanto, tem caído nos últimos meses. Em novembro de 2016, o número de funcionários em lay-off chegou a 1,5 mil.




Você pode gostar também

Auto

Lei do farol aceso durante o dia começa a valer nesta quinta-feira

Os motoristas que utilizam as estradas durante o dia terão que utilizar o farol baixo aceso a partir desta quinta-feira (7). A Lei 13.290, que alterou o Código Brasileiro de

Auto

Chega ao Brasil o SUV Hyundai Santa Fe 2016 ainda mais moderno

Criada para encantar consumidores, garantir amplo espaço e proporcionar elevado nível de conforto para toda a família, chega ao Brasil a linha Hyundai Santa Fe 2016. O SUV Premium da

Auto

Caminhões sem motoristas serão testados em estradas

A montadora alemã Daimler planeja testar caminhões autônomos em estradas do país no final deste ano, logo depois de as autoridades aprovarem a regulamentação da auto-condução na Alemanha, prevista para

Deixe seu comentário