Montadoras do ABC têm mais de 1 mil trabalhadores com contrato suspenso

As montadoras do ABC Paulista estão com pelo menos 1.125 empregados com o contrato de trabalho suspenso, em lay-off. Segundo dados do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a Ford é a montadora com maior número de trabalhadores nessa situação: 710 dos cerca de 3,9 mil empregados da fábrica do ABC.

O lay-off é uma alternativa para evitar demissões. Nessa modalidade, o empregado tem o contrato de trabalho suspenso temporariamente, mas continua recebendo parte do salário, pago pela empresa e pelo governo federal.

Na Mercedes, 350 trabalhadores estão com o contrato suspenso desde outubro do ano passado. A montadora têm cerca de 9 mil empregados no ABC.

A Volkswagen, que também tem cerca de 9 mil funcionários, tem 65 com o contrato suspenso atualmente.

O número de trabalhadores com contrato suspenso nas montadoras do ABC, no entanto, tem caído nos últimos meses. Em novembro de 2016, o número de funcionários em lay-off chegou a 1,5 mil.




Você pode gostar também

Auto

Mitsubishi e Land Rover convocam recall de veículos

As marcas Mitsubishi e Land Rover anunciaram hoje (12) o recall de seus veículos. Os proprietários dos modelos Range Rover Vogue, Range Rover Sport e Discovery Sport, anos/modelos 2016 e

Auto

Caminhoneiros sofrem com falta de descanso

Caminhoneiros que rodam pelas estradas brasileiras enfrentam problemas de saúde. Se não bastasse esse problema, levantamento feito pela Arteris, uma das maiores concessionárias de rodovias do país, também revela que

Auto

Produção de veículos cresce 14,6% no primeiro trimestre

A produção de veículos cresceu 14,6% nos primeiros três meses do ano em comparação com o período de janeiro a março de 2017. Segundo balanço divulgado hoje (5) pela Associação

Deixe seu comentário