Montadoras do ABC têm mais de 1 mil trabalhadores com contrato suspenso

As montadoras do ABC Paulista estão com pelo menos 1.125 empregados com o contrato de trabalho suspenso, em lay-off. Segundo dados do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, a Ford é a montadora com maior número de trabalhadores nessa situação: 710 dos cerca de 3,9 mil empregados da fábrica do ABC.

O lay-off é uma alternativa para evitar demissões. Nessa modalidade, o empregado tem o contrato de trabalho suspenso temporariamente, mas continua recebendo parte do salário, pago pela empresa e pelo governo federal.

Na Mercedes, 350 trabalhadores estão com o contrato suspenso desde outubro do ano passado. A montadora têm cerca de 9 mil empregados no ABC.

A Volkswagen, que também tem cerca de 9 mil funcionários, tem 65 com o contrato suspenso atualmente.

O número de trabalhadores com contrato suspenso nas montadoras do ABC, no entanto, tem caído nos últimos meses. Em novembro de 2016, o número de funcionários em lay-off chegou a 1,5 mil.




Você pode gostar também

Auto

Vendas de veículos novos caem 27,4% em 12 meses, diz Anfavea

As vendas de veículos novos caíram 27,4% em 12 meses, entre outubro de 2015 e setembro passado, em comparação com o mesmo período anterior. Segundo o balanço divulgado hoje (6)

Auto

Farol baixo durante o dia passa a ser obrigatório em rodovias brasileiras

O presidente interino Michel Temer alterou artigos do Código de Trânsito Brasileiro tonando obrigatório o uso de farol baixo em rodovias durante o dia. A lei com as alterações foi

Auto

Porsche apresenta segunda geração do 919 Hybrid

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Porsche apresenta no circuito Paul Ricard a segunda geração do 919 Hybrid, seu carro de corrida da categoria LMP1 (Le Mans Prototype 1)[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row full_width=”” parallax=”” parallax_image=””][vc_column width=”1/1″][/vc_column][/vc_row]

Deixe seu comentário