Mulher cai em golpe ao alugar casa por rede social em Limeira

Mulher cai em golpe ao alugar casa por rede social em Limeira

Uma mulher de 22 anos de idade caiu no golpe de um falso anúncio de locação de imóvel, e acabou perdendo R$ 1.100 após a suposta proprietária fingir que estaria alugando uma casa no Clube da Luluzinha, um grupo conhecido de compras e vendas no Facebook, em Limeira.

Segundo a vitima, o golpe teve início a partir de um anúncio publicado no Clube da Luluzinha, que descrevia uma residência para alugar no Bairro Boa Vista pelo valor de R$ 550. A vitima T.D.A., entrou em contato com uma mulher que se identificou pelo nome de Francislaine e confirmou as informações sobre o imóvel.

Após feito o contato pela vitima e a locação acordada entre as partes, a jovem pagou dois meses de aluguel adiantado e forneceu cópia de seus documentos, juntamente com os de seu companheiro para Francislaine elaborar o contrato.

O golpe foi descoberto quando T.D.A. foi buscar as chaves do imóvel e não mais encontrou a locadora. Após contato com vizinhos, a vitima descobriu que Francislaine não era proprietária do imóvel e que o verdadeiro dono residia próximo dali.

Em contato com o verdadeiro proprietário, a vitima descobriu que Francislaine na realidade era inquilina, não estava pagando o aluguel regularmente e estaria saindo do imóvel.

Ainda segundo o relato, T.D.A. sofreu prejuízo financeiro, não recebeu o contrato por parte da suposta proprietária e também não possui recibo do pagamento do aluguel.




Você pode gostar também

Polícia

Conseg Central se reúne nesta sexta-feira

O Conselho de Segurança – Conseg Central de Limeira realiza nesta sex-feira (3) a reunião mensal. O encontro será às 8h no salão social da Paróquia Santa Terezinha, localizado a

Polícia

Uma pessoa morre eletrocutada em São Paulo durante temporal

Uma pessoa morreu eletrocutada na região da Lapa, em São Paulo, ao ser atingida por um fio de energia. O caso ocorreu na Rua Albion, na altura do número 327.

Polícia

Secretário de Segurança de SP quer armas de calibres mais potentes para polícia

O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), Mágino Alves Barbosa Filho, disse hoje (11) que está negociando com o Exército para que possa fazer licitação internacional

Deixe seu comentário