Roland Garros: protocolo de saúde é divulgado mesmo com alta de casos

Roland Garros: protocolo de saúde é divulgado mesmo com alta de casos

A Federação Francesa de Tênis (FFT) detalhou o protocolo de saúde para realização de Roland Garros, um dos quatro Grand Slams, maiores torneios do Circuito Mundial de Tênis. A competição, com início no próximo 21 de setembro, terá público limitado a 60% da capacidade do complexo esportivo, apesar de a França viver um recrudescimento de casos do novo coronavírus (covid-19), com o recorde diário de quase nove mil infectados (registro da  última sexta-feira (4).

Segundo a organização, o complexo de Paris será dividido em áreas que circundam as três principais quadras, com público restrito a cinco mil espectadores nas imediações das quadras Philippe-Chatrier (central) e Suzanne-Lenglen, e 1,5 mil nas proximidades da Simonne-Mathieu, que foi inaugurada ano passado. O público só poderá frequentar áreas correspondentes ao ingresso comprado e deverá respeitar o distanciamento entre as cadeiras. O uso de máscaras será obrigatório para maiores de 11 anos.

Ainda conforme a FFT, jogadores e pessoas credenciadas também deverão usar máscaras – exceto, claro, atletas que estejam em quadra – e serão submetidos a testes antes e durante o torneio. A organização orientou os participantes a se hospedarem nos hotéis oferecidos por ela. Os tenistas só terão acesso às quadras nos dias de seus jogos. Se não tiverem partida a disputar, eles poderão frequentar somente o centro de treinamentos.

Previous Senado aprova MP com crédito de R$ 5 bilhões para setor de turismo
Next Projeto de combate a fake news deve ser votado este ano, diz Maia

You might also like

Mundo

Coronavírus: Reino Unido anuncia investimento bilionário em vacinas

O governo britânico vai investir mais R$1,5 bilhão em pesquisa e produção de vacinas para o combate ao novo coronavírus. O investimento em pesquisas será direcionado aos dois centros que

Mundo

Terremoto no Sul do México deixa pelo menos quatro mortos

O terremoto forte, de magnitude 7,4, que atingiu o litoral sul do México nessa terça-feira (23), matou pelo menos quatro pessoas e atingiu aldeias isoladas, além de causar tremores em

Mundo

Líderes do Líbano foram alertados em julho sobre explosivos no porto

Autoridades de segurança do Líbano alertaram o primeiro-ministro e o presidente, mês passado, que 2.750 toneladas de nitrato de amônio armazenados no porto de Beirute representavam um risco de segurança

Mundo

Pandemia adia planos de viagem e prejudica agências de turismo

O percentual de operadoras de turismo que não realizou nenhuma venda chegou a 54% em abril, informou a Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa). O cenário representa uma situação

Mundo

França registra 13 mortes, número mais baixo desde confinamento

O número oficial de mortos na França por covid-19 caiu hoje (7) para 13, o menor registo diário desde o início do confinamento, em meados de março, confirmando ainda a

Mundo

China apela aos EUA que cumpram obrigações com a OMS

O Ministério dos Negócios Estrangeiros da China considera que o corte no financiamento da Organização Mundial da Saúde (OMS), por parte dos Estados Unidos (EUA), é negativo e vai afetar