Onda de frio deixa ao menos 38 mortos no centro e no leste da Europa

Onda de frio deixa ao menos 38 mortos no centro e no leste da Europa

Pelo menos 38 pessoas morreram no decorrer desta semana nas regiões central e Sudeste da Europa devido à onda de frio que marcou temperaturas de até -25 graus centígrados. O maior número de vítimas foi registrado na Hungria, onde 21 pessoas morreram entre domingo e ontem, informou nesta quinta-feira (1º) a organização não governamental (ONG) Fórum Social Húngaro. A informação é da Agência EFE.

“A maioria das vítimas eram pessoas doentes e idosas, assim como gente que vive na miséria”, indicou a ONG, que detalhou que a maior parte delas morreu dentro de casa por falta de calefação.

Na República Tcheca, oito pessoas morreram nos últimos dias por causa do frio, cinco delas ontem, informaram hoje veículos da imprensa tcheca.

As temperaturas mais baixas do país foram registradas nos Montes Metalíferos, no noroeste do país, onde o termômetro chegou a -25,2 graus.

Quatro pessoas morreram na Eslováquia, enquanto na Romênia foram contabilizadas outras duas mortes por causa do frio.

Nesse país, o mal tempo obrigou as autoridades a tomarem medidas como o fechamento das escolas na capital Bucareste e em outras cidades.

Pelo menos 38 pessoas morreram no decorrer desta semana nas regiões central e Sudeste da Europa devido à onda de frio que marcou temperaturas de até -25 graus centígrados. O maior número de vítimas foi registrado na Hungria, onde 21 pessoas morreram entre domingo e ontem, informou nesta quinta-feira (1º) a organização não governamental (ONG) Fórum Social Húngaro. A informação é da Agência EFE.

“A maioria das vítimas eram pessoas doentes e idosas, assim como gente que vive na miséria”, indicou a ONG, que detalhou que a maior parte delas morreu dentro de casa por falta de calefação.

Na República Tcheca, oito pessoas morreram nos últimos dias por causa do frio, cinco delas ontem, informaram hoje veículos da imprensa tcheca.

As temperaturas mais baixas do país foram registradas nos Montes Metalíferos, no noroeste do país, onde o termômetro chegou a -25,2 graus.

Quatro pessoas morreram na Eslováquia, enquanto na Romênia foram contabilizadas outras duas mortes por causa do frio.

Nesse país, o mal tempo obrigou as autoridades a tomarem medidas como o fechamento das escolas na capital Bucareste e em outras cidades.

Você pode gostar também

Mundo

Grandes parques e aeroportos da Flórida voltam a operar após passagem do furacão

Os parques temáticos da Disney e da Universal, na Flórida, que fecharam durante o final de semana por conta da passagem do furacão Irma, reabriram nesta terça-feira (12) suas portas,

Mundo

Prêmio Nobel de Literatura é concedido ao cantor Bob Dylan

O prêmio Nobel de Literatura 2016 foi atribuído a Bob Dylan, por ter criado novas formas de expressão poéticas no quadro da grande tradição da música americana, anunciou hoje (13)

Mundo

Atentado terrorista deixa mortos e feridos em Barcelona

A Polícia regional da Catalunha confirmou que o atropelamento desta quinta-feira (17) na cidade de Barcelona é um atentado terrorista, com mortos e feridos. As informações são da agência de

Deixe seu comentário