Placa contra maus-tratos a animais será obrigatória

Limeira terá fixação obrigatória de placa informativa para coibir maus-tratos aos animais. O projeto de lei, de autoria do vereador Jorge de Freitas, foi aprovado na segunda-feira (25) e dispõe contra os maus-tratos a animais domésticos, silvestres, nativos ou exóticos.

De acordo com o projeto, ficam obrigadas as clínicas, consultórios, prontos-socorros, hospitais veterinários, estabelecimentos especializados no comércio de produtos, medicamentos e alimentos para animais, conhecidos como pet-shops, a manter, em local visível ao público, trecho da Lei Federal 9.605/98, que dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

Deverá constar, em placa, a mensagem: “é crime praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, com pena prevista de detenção que pode variar de três meses a um ano e multa. Denuncie: 190 – Polícia Militar do Estado de São Paulo”.

“Apesar de várias leis existentes e da forte campanha da mídia contra maus-tratos aos animais de uma forma geral, essa barbárie ainda ocorre com intensidade em nossa sociedade. Assim, com essa lei que aprovamos, legislamos para que estabelecimentos do gênero divulguem as placas para que seja mais ágil e prática a realização de denúncias pela população”, afirmou Jorge de Freitas.
O projeto segue agora para ser sancionado pelo Poder Executivo.




Você pode gostar também

Limeira

Dívidas junto ao governo poderão ser pagas pela internet

Pessoas, empresas e associações que tenham dívidas junto ao governo federal poderão quitar os débitos pela internet. A ferramenta foi disponibilizada pela Advocacia-Geral da União e anunciada hoje (11) pelo

Limeira

Atores de “A Terra Prometida” estarão em Limeira neste sábado

Limeira recebe, neste sábado (17), dois atores consagrados da teledramaturgia brasileira, Nívea Stelmann e Guilherme Boury, que estiveram em “A Terra Prometida”. O espetáculo “Dedo Podre” acontece no Teatro Vitória,

Limeira

Empresas devedoras do FGTS já podem parcelar débitos

Empresas devedoras do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) poderão parcelar débitos rescisórios. O Conselho Curador do FGTS aprovou hoje (13) uma resolução que pode beneficiar 8 milhões

Deixe seu comentário