Polícia do Texas mata suspeito de ataque a quartel-general em Dallas

Nenhum policial ficou ferido, mas uma das bombas de fabricação caseira foi detonada enquanto os tiros eram disparados.

Nenhum policial ficou ferido, mas uma das bombas de fabricação caseira foi detonada enquanto os tiros eram disparados.


O homem que atacou o quartel-general da polícia em Dallas, Texas, na madrugada de hoje (13), foi baleado e morto por atiradores de elite. Ele era suspeito de ter colocado bombas em frente ao edifício e disparado vários tiros contra o prédio e contra viaturas. O nome dele ainda não foi informado.

Nenhum policial ficou ferido, mas uma das bombas de fabricação caseira foi detonada enquanto os tiros eram disparados. Outro dispositivo colocado em um veículo policial foi desarmado pelo esquadrão antibombas. O tiroteio começou quando a patrulha se aproximou do carro dirigido pelo suspeito. Ele bateu contra o carro policial e começou a ser perseguido.

“Começamos a persegui-lo depois que ele bateu na viatura e começou a atirar, então os policiais começaram a atirar de volta”, disse o chefe da polícia de Dallas, David Brown. Após a perseguição e a troca de tiros, o atirador estacionou o carro, quando houve nova troca de tiros e o homem foi atingido.

O chefe da polícia disse que até o momento não foi possível identificar se o suspeito tinha ligação com algum grupo terrorista. “Mas estamos trabalhando em parceira com o FBI [a Polícia Federal norte-americana], para investigar possíveis conexões com o terrorismo”, afirmou Brown.

De acordo com David Brown, antes de ser atingido, a polícia chegou a conversar com o suspeito que se identificou como James Boulware. Na conversa com os policiais que o cercavam, ele teria culpado a polícia pela perda da guarda do filho, por ter sido acusado de ser terrorista.

Você pode gostar também

Polícia

Mais de 8 mil pessoas foram mortas por PMs no Rio, aponta Anistia Internacional

Mais de 8 mil pessoas foram mortas por policiais militares no estado do Rio de Janeiro entre 2005 e 2014. Na cidade do Rio, foram mais de 5 mil vítimas.

Polícia

Assalto em Araçatuba termina com um policial morto

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas em um assalto na madrugada de hoje (16) contra a base operacional da empresa de valores Protege, em Araçatuba, no interior paulista. A

Polícia

Mecânico é abordado por bandido e obrigado a dirigir

Na noite desta quarta-feira (18), um desconhecido abordou um mecânico quando ele entrava no carro e o obrigou a dirigir pela cidade. Segundo Gilmar Garcia Echeto, de 51 anos, ele

Deixe seu comentário