Polícia Federal busca joias de ex-primeira dama do Rio

Polícia Federal busca joias de ex-primeira dama do Rio

Policiais federais fazem hoje (23) buscas em dois endereços de pessoas ligadas à ex-primeira dama do estado do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo, denunciada pela Operação Calicute. A investigada chegou a ser presa, mas cumpre prisão domiciliar.

Os endereços são na zona sul do Rio, nos bairros de Ipanema e do Jardim Botânico.

Na denúncia apresentada à Justiça pelo Ministério Público Federal (MPF), consta que Sérgio Cabral e Adriana Ancelmo adquiriram pelo menos 189 joias desde o ano 2000, e apenas 40 foram apreendidas pela Polícia Federal a partir de mandados de busca.

Segundo o MPF, a compra de joias era feita para lavar dinheiro obtido em práticas ilícitas. Cerca de R$ 11 milhões foram gastos na compra dos bens de luxo.

Você pode gostar também

Nacional

Balança comercial fecha janeiro com o maior saldo para o mês em 12 anos

O aumento dos embarques de alguns tipos de grãos e de aviões fizeram a balança comercial fechar o primeiro mês de 2018 com o melhor saldo positivo registrado para o

Nacional

MEC adia Enem de mais de 191 mil estudantes para os dias 3 e 4 de dezembro

O Ministério da Educação (MEC) decidiu adiar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 304 locais de provas devido às ocupações de escolas, institutos e universidades federais. Os estados

Nacional

Neste domingo adiante seu relógio em uma hora

Neste domingo (18), os brasileiros deverão adiantar os relógios em uma hora. É o início da temporada 2015/2016 do horário de verão nos estados do Rio Grande do Sul, Paraná,

Deixe seu comentário