Preço do barril de petróleo na Ásia cai para o valor mais baixo desde 2003

O preço do barril de petróleo Brent na Ásia caiu hoje (18) para um valor abaixo dos US$ 28, o que não acontecia desde 2003.

O barril Brent no mercado asiático caiu até os US$ 27,67 durante alguns momentos, voltando a subir para um valor superior a US$ 28.

A queda do preço ocorreu no fim de semana, depois de terem sido suspensas as sanções internacionais ao Irã, que pode voltar a exportar petróleo. Há o temor de um excesso de oferta.

Na sexta-feira (15), quando fecharam os mercados da Ásia, o preço do barril Brent era US$ 28,51.

Na Europa, o barril Brent para entrega em março fechou a sexta-feira, no mercado de futuros de Londres, em baixa de 6,7%, para US$ 28,94.

Foi a primeira vez desde 2004 que o valor do preço do barril no encerramento da sessão de Londres ficou abaixo dos US$ 30.

A razão apontada foi o receio de que a volta do petróleo iraniano ao mercado agrave a situação causada por uma oferta já excessiva, que tem derrubado os preços há um ano e meio.

Prejudicial para os países exportadores, a queda de preço, no entanto, beneficia consumidores, países importantes e empresas muito dependentes de combustíveis, como as transportadoras aéreas.

Você pode gostar também

Mundo

Cantora é morta após show nos Estados Unidos

A cantora norte-americana Christina Grimmie foi assassinada após um show na noite de ontem (10), em Orlando, Flórida, nos Estados Unidos. Depois da apresentação, Christina, 22 anos, dava autógrafos quando

Mundo

Brexit: União Europeia aceita adiamento até 31 de janeiro de 2020

A União Europeia (UE) decidiu “aceitar o pedido do Reino Unido para uma extensão do Brexit até 31 de janeiro de 2020”, confirmou nesta segunda-feira (28) o presidente do Conselho

Mundo

Sérgio Moro é 13º em lista dos maiores líderes do mundo da revista ‘Fortune’

O juiz federal Sérgio Moro, que conduz as ações da Operação Lava Jato, foi considerado pela revista norte-americana “Fortune” como o 13º principal líder mundial em lista de 50 nomes

Deixe seu comentário