Prefeitura realiza campanha de orientação sobre a distribuição de medicamentos pelo programa Aqui Tem Farmácia Popular

Prefeitura realiza campanha de orientação sobre a distribuição de medicamentos pelo programa Aqui Tem Farmácia Popular

A Prefeitura de Limeira iniciou uma ampla campanha informativa, com a distribuição de panfletos e cartazes explicativos sobre a distribuição de medicamentos pelo programa “Aqui Tem Farmácia Popular”. A partir de 1º de janeiro, nove medicamentos para hipertensão, diabetes e asma (segue lista abaixo) deverão ser retirados somente nas farmácias inseridas no programa do Governo Federal. A campanha também está nas emissoras de rádio, TV e nos canais oficiais da prefeitura. No site www.limeira.sp.gov.br/farmaciapopular é possível acessar o mapa com geolocalização de todas as farmácias populares e identificar o local mais próximo para retirar o medicamento. “É determinação do governo Mario Botion que a comunicação pública seja de qualidade e abrangente. A campanha está sendo divulgada em todas as mídias para que a informação chegue rapidamente aos usuários”, explicou o secretário de Comunicação Social, Antonio Peres.

Uma reunião também foi realizada com representantes da Associação de Farmácias e Drogarias de Limeira (AFAL) e com todos os estabelecimentos que participam do programa “Aqui Tem Farmácia Popular” para orientações sobre as etapas da campanha e uso do material de comunicação. “Os usuários poderão solicitar estes itens na farmácia ligada ao programa do Governo Federal mais perto de sua casa. A medida vai facilitar o acesso aos medicamentos”, disse o diretor da AFAL, Alfredo Fernandes Santos Júnior.

O secretário interino de Saúde, Edison Moreno Gil, reforçou que a ação não trará impactos aos pacientes, pois a gratuidade será mantida pelas farmácias populares. Ele também destacou a parceria entre poder público e empresas privadas. “É propósito deste governo estreitar a relação entre as entidades e empresas para melhorar os serviços à população. Com esta medida, os usuários terão acesso aos medicamentos de forma gratuita em mais pontos de dispensação, serão mais de 50 farmácias”, frisou Gil.

A população terá acesso aos medicamentos mediante apresentação de receita válida da rede pública ou particular (com data, assinatura e carimbo do médico), documento de identificação e CPF do paciente. “No caso das pessoas que não têm condições de se locomover devido alguma deficiência, ou pacientes acamados, será necessário apresentar uma procuração em nome de algum familiar. O documento deve ser registrado em cartório. É uma procuração simples que deve ser feita apenas uma vez. Esta medida começa a valer a partir de 1º de janeiro, mas enquanto tivermos estoque destes medicamentos eles serão fornecidos também nas unidades de saúde que hoje dispensam estes itens”, ressaltou a diretora de Assistência à Saúde, Camila Rezende Moreno.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3404-9842.

Medicamentos que serão distribuídos pelo programa “Aqui Tem Farmácia Popular”:

Captopril 25mg (comprimido)
Losartana Potássica 50mg (comprimido)
Dipropionato de Beclometasona 250cg (inalador)
Glibenclamida 5mg (comprimido)
Hidroclorotiazida 25mg (comprimido)
Insulina NPH 100UI/ml (refil 3ml)
Cloridrato de Metformina 500mg e 850mg (comprimido)
Cloridrato de Propanolol 40mg (comprimido)
Sulfato de Sabutamol 100mcg (inalador)

Você pode gostar também

Limeira

Campanha orienta motoristas sobre limite de velocidade

A campanha “Limeira, Trânsito do bem”, foi lançada nesta terça-feira (4), pela prefeitura, com objetivo de informar os motoristas sobre os limites de velocidade nas vias da cidade e alertá-los

Limeira

Limeira participa de encontro estadual, visando fomento ao desenvolvimento

O secretário de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Limeira, Tito Almirall, participou ontem (23) do 2º Encontro Investe São Paulo e municípios paulistas para competitividade. O evento, que ocorreu em

Limeira

Motoristas ainda enfrentam filas para abastecer no Rio

Nas primeiras horas da manhã de hoje (28), uma fila quilométrica se formou em em posto de combustível de São Cristóvão, na zona norte do Rio de Janeiro, com centenas

Deixe seu comentário