Prévia da inflação é de 0,21%, a menor para abril desde 2006

Prévia da inflação é de 0,21%, a menor para abril desde 2006

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) registrou variação de 0,21% em abril, informou hoje (20), no Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O indicador mede a inflação do dia 15 de um mês ao dia 15 do mês seguinte e funciona como uma prévia da inflação oficial, medida pelo IPCA.

A variação registrada é a menor para um mês de abril desde 2006 e o acumulado entre janeiro e abril, 1,08%, é o menor desde o início do Plano Real em 1994. O resultado de abril ficou 0,11 ponto percentual acima da taxa de março, acumulando 2,8% em 12 meses.

O grupo Comunicação foi o único que apresentou queda na variação de preços, com -0,15%. As maiores variações foram registradas em Saúde e Cuidados Pessoais (0,69%) e Vestuário (0,43%).

Variação nos preços é a menor para um mês de abril desde 2006. Acumulado entre janeiro e abril (1,08%) é o menor desde o início do Plano Real em 1994. Arquivo/Agência Brasil
O índice para Alimentação e Bebidas ficou perto da estabilidade: 0,15%.

Entre as capitais pesquisadas, o Rio de Janeiro teve a maior variação com 0,43% de inflação, enquanto Recife e Goiânia anotaram deflação de -0,07% e -0,1%, respectivamente.

Você pode gostar também

Nacional

Dólar opera em forte queda e chega a ser cotado abaixo de R$ 3,70

Nem a divulgação de que a economia brasileira encerrou 2015 com a maior queda em 25 anos não afetou o mercado financeiro como a 24º fase da Lava Jato e

Nacional

Banco do Brasil tem lucro de R$ 5,2 bi no 1º semestre; expansão é de 67%

O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 5,2 bilhões no primeiro semestre deste ano, segundo o balanço divulgado hoje (10) em São Paulo. Em comparação com o

Nacional

Copom inicia hoje reunião com expectativa de corte menor nos juros

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) inicia hoje (5) a penúltima reunião deste ano, com expectativa de nova redução na taxa básica de juros, a Selic.

Deixe seu comentário