PRF apreende no Rio 61 pistolas que seriam destinadas ao crime organizado

PRF apreende no Rio 61 pistolas que seriam destinadas ao crime organizado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu hoje (5) um carregamento com 61 pistolas automáticas, carregadores para armas do mesmo tipo e um fuzil durante abordagem de um carro na Rodovia Presidente Dutra, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O armamento importado estava escondido em um fundo falso de um carro. O motorista disse que era perito judicial, mas, durante a abordagem, apresentou identidade funcional falsificada. A carteira de habilitação e o documento do carro também eram falsos.

Os policiais rodoviários federais fizeram uma revista minuciosa no carro e descobriram um compartimento falso no porta-malas do veículo. No compartimento, foram encontradas 61 pistolas, 155 carregadores para pistolas, além de um fuzil. O armamento seria entregue na Avenida Brasil, principal ligação da zona portuária com a zona oeste do Rio. Segundo a PRF, o motorista confessou que receberia R$ 5 mil pelo transporte do armamento.

O caso foi encaminhado à Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos (Desarme) da Polícia Civil do Rio, que investigará para qual facção criminosa seria entregue o armamento.

Você pode gostar também

Polícia

Polícia tem dificuldade para investigar acidente que matou pelo menos 18 em SP

Muitas peças importantes para o trabalho dos peritos na identificação das causas do acidente com ônibus que capotou na noite de ontem (8), na rodovia Mogi-Bertioga, no estado de São

Polícia

Morador de rua morre na Avenida Paulista e polícia suspeita do frio

Um morador de rua foi encontrado morto na madrugada de hoje (12) na Avenida Paulista, próximo ao cruzamento com a Avenida Brigadeiro Luis Antônio, em São Paulo. Segundo a Secretaria

Polícia

Polícia do Texas mata suspeito de ataque a quartel-general em Dallas

O homem que atacou o quartel-general da polícia em Dallas, Texas, na madrugada de hoje (13), foi baleado e morto por atiradores de elite. Ele era suspeito de ter colocado

Deixe seu comentário