Processo de impeachment de Crivella pode iniciar com maioria simples

Processo de impeachment de Crivella pode iniciar com maioria simples

O processo de impeachment do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, pode ser iniciado com os votos favoráveis de mais da metade dos vereadores presentes à sessão. A interpretação é do parecer do procurador-geral da Câmara Municipal, José Luis Galamba Minc Baumfeld.

Apesar disso, segundo o procurador, mesmo que a Câmara decida iniciar o processo, o prefeito não deverá ser afastado do cargo até que o procedimento seja concluído.

O inciso II do artigo 115 da Lei Orgânica do município prevê que o processo de impeachment seja iniciado com metade absoluta dos vereadores, enquanto o Decreto-Lei federal 201 de 1967 prevê que é possível abrir o processo com apenas mais da metade dos votos dos vereadores presentes na sessão.

Há 21 anos, o Tribunal de Justiça considerou o inciso II do artigo 115 da Lei Orgânica inconstitucional. No entanto, no entender do procurador, a decisão judicial não se aplica ao Decreto-Lei 201 de 1967. Por isso, apenas a maioria simples dos presentes é suficiente para iniciar o processo.

Você pode gostar também

Limeira

Feira oferece oportunidade para conhecer profissões

Termina nesta sexta-feira (18), a 7ª Feira das Profissões de Limeira. Com 11 expositores, a mostra acontece no Pátio Limeira Shopping. O objetivo da feira é mostrar aos jovens as

Limeira

Prefeitura realiza limpeza no “Piscinão do Tiro de Guerra”

A Secretaria de Obras e Serviços Públicos e do SAAE, começou nesta segunda-feira (16) um amplo trabalho de limpeza no Reservatório Enterrado de Contenção de Água Pluvial, conhecido popularmente como

Limeira

Aulas de ioga trazem momentos relaxantes para os idosos do Centro de Referência

Originária da Índia, a ioga é uma técnica corporal e mental que trabalha a meditação e relaxamento do corpo. Com resultados positivos, os idosos do Centro de Referência de Saúde

Deixe seu comentário