Produção de motocicletas cresce 1,6% no primeiro trimestre

A produção de motocicletas chegou a 231.381 unidades no primeiro trimestre deste ano, o que representa uma alta de 1,6% em relação ao mesmo período de 2016. Em março foram fabricadas 82.416 unidades, com crescimento de 22,4% em relação a fevereiro e de 2,3% com relação a março do ano passado. Os dados foram divulgados hoje (12), em São Paulo, pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo).

Segundo o balanço, as vendas no atacado (para concessionárias) ficaram estáveis no acumulado do ano com a comercialização de 215.820 motocicletas, contra 215.372 em 2016. Em março, foram vendidas 80.372 unidades, 17,7% a mais do que em fevereiro (68.312). Com relação a março de 2016, as vendas no atacado caíram 3,8%, com 83.523 unidades.

Os licenciamentos alcançaram 210.970 motos de janeiro a março, um recuo de 12,1% ante as 239.923 vendidas no mesmo período do ano passado.

As exportações no primeiro trimestre aumentaram 26,9%, com 17.444 unidades vendidas para o mercado externo, ante as 13.749 do mesmo período de 2016. Em março foram exportadas 5.722 contra as 5.953 de fevereiro e contra as 4.721 de março do ano passado.




Você pode gostar também

Auto

Jeep Renegade vira carro de polícia em Batman vs Supermam

O aguardado filme Batman vs Superman: A Origem da Justiça, que chega aos cinemas nacionais em 24 de março, contará com um personagem bem conhecido do consumidor brasileiros: o Jeep

Auto

Rodovias paulistas registram congestionamento no retorno do litoral

Motoristas que retornam na manhã de hoje (2) das praias para a capital paulista encontram lentidão em alguns pontos, de acordo com a concessionária Ecovias. O caminho para o interior

Auto

Produção de motos cai 18,6% em agosto, diz Abraciclo

A produção de motocicletas no país totalizou 92.791 unidades em agosto. O número representa uma queda de 18,6% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram produzidas

Deixe seu comentário