Professora é agredida por mãe de aluna em Limeira

Uma professora de 27 anos foi agredida pela mãe de uma aluna na manhã de quarta-feira (10), dentro da sala de aula, na Escola Municipal Maria Aparecida Machado Julianelli, em Limeira.

A profissional teria sido agredida na frente dos outros alunos após solicitar a presença da mãe na escola, devido à aluna manifestar problemas com a claridade após ser transferida de lugar por causa de conversas em excesso.

Após discussão, a mãe da aluna teria ameaçado e agredido verbal e fisicamente a professora.

Em nota a Secretaria Municipal de Educação informa que já tomou todas as providências de apoio à professora, que foi ouvida ainda ontem na Divisão de Supervisão Escolar. O Serviço Social Escolar foi acionado e prestará atendimento necessário à docente.

A Pasta também informou que ações de segurança estão sendo intensificadas no local. A escola conta com a presença de um guarda municipal fixo, já que a unidade tem uma grande extensão.
Contudo, outras medidas de segurança estão sendo estudadas junto ao Conselho de Escola, gestão da unidade escolar e Guarda Municipal. O Conselho Tutelar também foi acionado para as providências cabíveis.

Na manhã desta quinta-feira (11), representantes da Secretaria da Educação estiveram na escola e relataram que o ambiente estava tranquilo, sem quaisquer anormalidades. Orientações foram realizadas para que a segurança de todos no local, especialmente das crianças, seja ratificada.

A agressão foi registrada pela professora na Delegacia da Policia Civil ainda na data de ontem.

PARTICIPE

Quer saber tudo sobre Limeira e região? Mande um WhatsApp para o número (19) 99501-5532 e passe a receber as principais notícias e informações sobre a cidade através do aplicativo. Faça parte do Alô e convide seus amigos para participar também!




Você pode gostar também

Polícia

Sequestradores trocam tiros com PM no Jardim Ouro Verde, em Limeira

Um sequestro relâmpago ocorrido em Araras nesta terça-feira (12), teve seu desfecho em Limeira. Segundo informações iniciais, os sequestradores foram perseguidos pelo Grupo Tático Ostensivo Rodoviário (TOR) até a cidade

Polícia

Eike fica calado em depoimento e advogado diz que ele só fala em juízo

O empresário Eike Batista reservou-se ao direito de falar apenas em juízo durante o depoimento na tarde de hoje (31) na Delegacia de Combate ao Crime Organizado e Desvio de

Polícia

Gravida é presa por envolvimento com tráfico

A gravidez não impediu que F.K.M., de 20 anos, tivesse envolvimento com tráfico de entorpecentes. A gestante foi presa por policiais da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) após denúncia

Deixe seu comentário