Quatro pessoas morrem em chacina em São Paulo

Quatro pessoas morreram em Pirituba, na zona norte de São Paulo, em três ataques ocorridos por volta das 3h30 da madrugada de domingo (7). Além dos mortos, duas pessoas ficaram feridas.

As informações foram confirmadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), que não forneceu informações sobre como o crime ocorreu ou se há suspeitos. O caso está sendo investigado pela 3ª Delegacia de Homicídios Múltiplos.

Segundo a secretaria, três pessoas foram baleadas no ataque ocorrido na rua Duarte Moreira. Duas delas eram jovens e foram encontradas por policiais já sem vida no local do crime: Mateus da Silva Rocha, 18 anos, e Bryan Dantas de Carvalho, 16. Já Luis Vágner Gonçalves de Oliveira, 18 anos, chegou a ser levado ao Hospital da Vila Penteado, mas não resistiu.

Um quarto homem, ainda não identificado, foi baleado na rua Brasilina Vieira Simões. Ele foi socorrido, mas morreu.

Os dois feridos, de 46 e 48 anos de idade e de identidades não reveladas, foram baleados na rua Santo Antonio dos Coqueiros. Eles estão no Pronto Socorro de Pirituba e na Santa Casa de Misericórdia. O estado de saúde não foi informado. Os locais dos crimes foram periciados e exames necroscópicos foram solicitados, informou a secretaria.

Você pode gostar também

Polícia

Polícia Civil prende 18 suspeitos de assaltar casas de alto padrão em SP

A Polícia Civil prendeu 18 integrantes de uma quadrilha de roubo a residências, na manhã desta quinta-feira (23), na Capital. Com a detenção, foi possível esclarecer cerca de trinta assaltos

Polícia

PF realiza operação para identificar possíveis fraudes no Enem

A Polícia Federal desencadeou hoje (12) a operação Passe Fácil, com o cumprimento de 31 mandados de busca e apreensão e 31 de condução coercitiva em 13 estados por suspeitas

Polícia

Polícia prende quadrilha que planejou roubo bilionário na capital paulista

A Polícia Civil prendeu 16 homens acusados de escavar um túnel para roubar o cofre de um banco na Chácara Santo Antônio, zona sul da capital paulista. Segundo a investigação,

Deixe seu comentário